Publicado por Robson Merieverton

Festa, Réveillon e fogos. Se esses são os únicos significados que você consegue atribuir ao dia 1º de janeiro, saiba que, por trás desses motivos, figura um outro bem maior, que tem muito mais valor para as nações de todo o mundo do que você possa imaginar. A data é conhecida também por assinalar o dia dedicado a Confraternização Universal.

Também marcado pela elevação da paz, o dia foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o intuito de promover a fraternidade universal. A comemoração pela chegada do Ano Novo está presente em muitas culturas, então, nada mais proveitoso do que compartilhar essa onda de sentimentos bons com um propósito maior.

A chegada desse novo tempo desperta a expectativa pela abertura de um novo ciclo, cheio de transformações e lutas a serem vencidas. Por isso, os povos devem se unir para traçar metas e objetivos para o ano que vem chegando. O mais importante disso tudo, é que o pensamento no próximo também possa ser evidenciado, sobretudo com a realização de atos que possam ser de relevância para o todo.

1º de janeiro, dia da Confraternização Universal

Foto: depositphotos

O sentido mais aprofundado

Dialogar e trocar experiências proveitosas para o crescimento e desenvolvimento do ser enquanto agente de transformação são pontos que tornam a data significativa. Não basta apenas enxergar tudo de forma superficial. A Confraternização Universal só vai fazer sentido se ela for vivenciada. Em certos casos, o amor entre povos diferentes pode superar o sentimento de guerra, nem que seja só por alguns instantes.

No ano de 1968, o papa Paulo VI escreveu uma mensagem lançando a ideia da comemoração do Dia Mundial da Paz. A ideia era fazer com que o sentimento comemorativo rompesse as barreiras da religião, se transformando em um momento de união e libertação dos males que atingem a humanidade.

A festa

A chegada do Ano Novo é sempre motivo de comemoração entre as pessoas. O desejo de que tudo se realize é mais latente nessa data. As pessoas renovam suas esperanças, traçam novos objetivos e também investem um pouco na sorte. É tradicional que as pessoas vistam branco, a cor que simboliza a paz, e se reúnam com amigos e familiares para receber o ano com muita festa.

Renovação. Esse é um dos sentidos carregados no peito de muitas pessoas, sobretudo quando elas tomam a data como mais uma chance de começar. Além desse sentimento, as pessoas também devem aprender a se preocupar um pouco mais com o próximo. Talvez esse seja o sentimento que esteja faltando para que o dia da Confraternização Universal possa ser mais vivo.

Veja mais!