Publicado por Robson Merieverton

No jogo de futebol, entre os 11 jogadores que corre pelo campo com a intenção de marcar o gol no adversário, dependendo do ponto de vista, um deles assume responsabilidade maior que os demais, sobretudo no que diz respeito ao campo de defesa. Essa figura que está sendo evidenciada é o goleiro.

Para marcar a importância dele no decorrer do ano, não apenas na decisão de um campeonato, foi instituído um dia inteiro para ele dentro do calendário comemorativo nacional. Trata-se do dia 26 de abril. A data foi oficializada no ano de 1976. Mas, assim como acontece em outras datas, existe um propósito por trás disso.

O goleiro é um atleta que possui grande responsabilidade durante o jogo. Uma das suas principais funções é guardar a rede, impedindo que o adversário marque gols, por isso ele tem de estar sempre concentrado. Dependendo da situação, o goleiro pode assumir a posição de herói ou vilão dentro de uma partida.

26 de abril: O Dia do Goleiro

Foto: depositphotos

Como foi criado o Dia do Goleiro

Até agora, certamente você deve estar se perguntando como se deu a origem da data? Baseada em quais fatores? Como já foi adiantado anteriormente, a data surgiu com o propósito de homenagear uma importante figura que se destacou entre as quatro linhas do campo e é lembrada até hoje: Aílton Corrêa Arruda, o goleiro Manga.

Ele nasceu no dia 26 de abril de 1937. Sua atuação foi tão marcante que ele é o ídolo de muitos atletas que escolherem estar na posição, baseada na sua história profissional. Manga começou sua carreira profissional no Sport Recife, no ano de 1957. O atleta também passou pelo Botafogo, Nacional do Uruguai, Internacional de Porto Alegre, Coritiba, Grêmio, Operário do Mato Grosso do Sul e Barcelona do Equador.

Antes do dia 26 de abril ser oficializado como Dia do Goleiro, o tenente Raul Carlesso e o capitão Reginaldo Pontes Bielinski, ambos professores da escola de Educação Física do Exército, haviam sugerido uma outra data para marcar a homenagem dos goleiros no Brasil, isso no ano de 1975. Essa foi o dia 14 de abril. A inspiração partiu da realização de uma grande festa que reuniu goleiros e ex-goleiros no Rio de Janeiro.

No ano de 1976, no alto dos seus 38 anos, Manga estava em evidência no cenário futebolístico nacional, figurando como campeão brasileiro pelo Internacional. No final daquele mesmo ano, aos 39, Manga chegou ao bi brasileiro pelo Inter. Esses já tornaram-se motivos mais que suficientes para que o goleiro ganhasse essa merecida homenagem.

A título de curiosidade, o goleiro manga pendurou suas luvas no ano de 1982, depois de 25 anos dedicados a defender os times pelos quais ele passou.

Veja mais!