Publicado por Débora Silva

O Dia Internacional da Mulher é comemorado no dia 08 de março e é tido como um símbolo de uma série de lutas pela valorização da mulher. Esta data está relacionada aos movimentos feministas que buscavam mais dignidade e igualdade para as mulheres.

Os movimentos e reivindicações em prol dos direitos da mulher começaram a crescer em 1789, a partir da Revolução Industrial.

O Dia Internacional da Mulher é comemorado no dia 08 de março desde meados da década de 1960.

História

O dia 08 de março deve servir para nos lembrar da conquista de direitos e para discutir as discriminações e violências, morais, físicas e sexuais que as mulheres ainda sofrem nos dias de hoje. Como a data foi escolhida?

Conta-se que, em 8 de março de 1857, 129 operárias morreram carbonizadas em um incêndio, que teria sido intencional, em uma fábrica têxtil na cidade de Nova York. No entanto, essa história não é verdadeira. Ocorreu sim um incêndio em uma fábrica de tecidos em Nova York, mas no dia 25 de março de 1911, às 17 horas, na Triangle Shirtwaist Company. O acidente vitimou 146 pessoas, sendo 125 mulheres e 21 homens.

Desde o final do século 19, organizações femininas provenientes de movimentos operários protestavam em países da Europa e nos Estados Unidos. Alguns dos motivos para os protestos eram as jornadas de trabalho de aproximadamente 15 horas diárias e os baixíssimos salários, que levaram as mulheres a greves para reivindicar por melhores condições de trabalho e o fim do trabalho infantil.

8 de março: Dia Internacional da Mulher

Foto: Depositphotos

Em maio de 1908, o primeiro Dia Nacional da Mulher foi celebrado nos Estados Unidos. Naquela ocasião, cerca de 1500 mulheres aderiram a uma manifestação a favor da igualdade econômica e política no país.

Em 1910, na cidade de Copenhague, ocorreu a II Conferência Internacional de Mulheres Socialistas, evento em que foi aprovada uma resolução para a criação de uma data anual para celebrar os direitos das mulheres, com o objetivo de honrar as lutas femininas e obter apoio em diversas nações.

Com a Primeira Guerra Mundial (1914 – 1918) explodiram ainda mais protestos ao redor do mundo. No dia 08 de março de 1917, cerca de 90 mil operárias manifestaram-se contra o Czar Nicolau II, devido às más condições de trabalho, a fome e a participação russa na guerra. A partir daí, a data foi consagrada, embora tenha sido oficializada apenas em 1921.

Nos anos de 1960, o movimento feminista começou a crescer; em 1975, foi comemorado oficialmente o Ano Internacional da Mulher; e, no ano de 1977, o 8 de março foi oficialmente reconhecido pelas Nações Unidas.

No Brasil

No nosso país, os movimentos em prol dos direitos da mulher surgiram em meio aos grupos anarquistas do começo do século 20, que reivindicavam melhores condições de trabalho e qualidade de vida.

A luta feminina ficou mais forte com o movimento das sufragistas, nas décadas de 1920 e 30, que conseguiram o direito ao voto no ano de 1932. A partir dos anos 1970, surgiram as organizações que passaram a discutir questões como a igualdade entre os gêneros, a sexualidade e a saúde da mulher.

Veja mais!