Publicado por Anna de Cássia

A indústria é responsável por criar itens que são necessários para nós, seres humanos, e que não são encontrados na natureza. É nas fábricas que este processo acontece: eles pegam uma matéria prima da natureza (madeira das árvores, por exemplo) e a transformam em um produto industrializado (como o papel, que é produzido a partir de madeira).

A indústria e seus aspectos

Foto: Reprodução

Aspectos positivos da indústria

As indústrias fabricam produtos com o objetivo de comercializar depois, e ganhar dinheiro com esses itens industrializados. Vários tipos de produtos podem ser criados pela indústria: carros, roupas, remédios, alimentos, brinquedos… uma infinidade de coisas.

Além de produzir várias coisas importantes para as nossas vidas, as indústrias também são positivas porque geram milhares de empregos em todos os lugares do mundo. Acontece que, para as fábricas produzirem os produtos, elas utilizam máquinas, mas precisam de homens para controlar essas máquinas, e por isso contratam mão de obra.

Aspectos negativos da indústria

O grande número de fábricas crescendo cada vez mais e mais por todo o mundo tem feito com que as indústrias se tornem um grande problema ambiental. Por exemplo, para produzir papel, as indústrias estão derrubando milhões de árvores, desmatando as florestas, destruindo o habitat de vários animais.

Não só a produção do papel trás prejuízos para a natureza. Nenhum produto industrializado surge do nada, como num passe de mágica. Eles são transformados a partir de uma obra prima que vem da natureza, e a humanidade está destruindo toda a natureza para que as industrias possam produzir sempre mais e mais, e vai chegar uma hora em que a natureza não terá mais matéria prima.

Além disso, as fábricas soltam muita fumaça, que poluem a nossa atmosfera, causam o efeito estufa e vários problemas para nós humanos e outros animais. Elas também jogam seus esgotos nos rios e mares, matando vários peixes e animais aquáticos.

Tipos de indústria

Existem dois tipos de indústria. A primeira delas é a indústria de bens de produção, nela a fábrica pega a matéria prima direto da natureza e a transforma em itens que serão utilizados por outras empresas para produção de objetos.

Por exemplo, a indústria metalúrgica pega o metal na natureza e o transforma em barras de metais, que são vendidas para indústrias de fabricação de carros, por exemplo, que vão utilizar essas barras de metal para produzir um bem de consumo, e por isso são chamadas indústrias de bens de consumo.

As indústrias de bens de consumo ainda podem ser dividas em dois grupos: a que produz bens duráveis, como carros e móveis, e a que produz bens não duráveis, como comidas, bebidas e remédios.

Veja mais!