A origem de um dos maiores símbolos natalinos, a Árvore de Natal

O costume de enfeitar árvores é mais antigo que o próprio Natal. Conheça a história dessa tradição natalina


A árvore de Natal é um dos mais clássicos símbolos da data. Como parte da tradição, enfeita-se uma árvore – normalmente um pinheiro – com bolas coloridas e outros adereços natalinos. Mas, você sabe de onde vem a árvore de Natal? Saiba mais neste artigo.

Histórico

O costume de enfeitar árvores é mais antigo do que o próprio Natal. Algumas civilizações antigas que habitavam os continentes europeu e asiático já consideravam as árvores como um símbolo divino, realizando festivais em seu favor. As crenças desses povos relacionavam as árvores a entidades mitológicas. Os romanos, por exemplo, adornavam as árvores em honra de Saturno, que era o Deus da agricultura.

Nas vésperas do solstício de inverno, os povos pagãos da região dos países bálticos cortavam pinheiros, levavam para as suas casas e enfeitavam de forma parecida a que vemos hoje. A tradição foi passada aos povos germânicos, que incluíram o presente para as crianças.

A origem de um dos maiores símbolos natalinos, a Árvore de Natal

Foto: depositphotos

Os primeiros registros da adoção da árvore de Natal pelo Cristianismo remontam ao início do século XVI, no norte da Europa. No entanto, considera-se que essa tradição veio da época medieval, pois existem registros de “árvores de Natal” na Letônia, por volta do ano de 1510.


Assim, a primeira árvore de Natal foi decorada em Riga, na Letônia, em 1510. No entanto, também acredita-se que essa tradição teve início em 1530, na Alemanha, com Martinho Lutero. Reza a lenda que, durante um passeio pela floresta em uma noite clara, Lutero observou o efeito das estrelas no topo das árvores e trouxe essa imagem para a sua família, no formato de uma árvore com uma estrela no topo e decorada com velas.

São muitas as teorias da origem da árvore de Natal e não se sabe muito bem qual a data exata que os primeiros registros do uso dela foram feitos, no entanto, a moderna árvore de Natal teria realmente surgido na Alemanha entre os séculos XVI e XVIII. Durante o século XIX, a tradição foi levada para outros países europeus e para os Estados Unidos, graças à contribuição da monarquia britânica; e, no século XX, chegou à América Latina.

Atualmente, a árvore de Natal é uma tradição comum a católicos, protestantes e ortodoxos.

A montagem da árvore de Natal

O dia de montar a árvore de Natal e outras decorações natalinas varia em cada país. Nos Estados Unidos, o enfeite é montado no Dia de Ação de Graças; no Brasil, considera-se que o dia correto para montar a árvore é no 4º domingo antes do Natal, dia que marca o início do Advento.