Publicado por Natália Petrin

A palavra presépio faz referência ao local onde o gado é colocado ao ser recolhido, mas também é usado para referir-se ao nascimento de Jesus, principalmente nos tempos de Natal.

O presépio é um conjunto de peças usadas principalmente no Natal para referenciar o momento do nascimento de Jesus Cristo. O conjunto é formado pelo menino Jesus na manjedoura ao centro, além de alguns personagens bíblicos presentes nesse momento cristão tão importante.

Segundo algumas fontes históricas, o primeiro presépio foi montado no ano de 1223, no Natal, por São Francisco de Assis, com a autorização do papa. Feito em argila na floresta de Greccio, na Itália, e a ideia era montar para explicar de forma mais simples o que era e qual o significado do nascimento de Jesus Cristo.

A representação, que usou um boi e um jumento vivos, repercutiu em toda a Itália, o que fez com que a tradição começasse a surgir. A partir do século XVIII, essa tradição tomou conta da Europa e de outras regiões do mundo, e então as famílias passaram a ter presépios dentro de casa.

A origem do presépio

Foto: Reprodução/ internet

Onde são usados

Os presépios, antigamente, eram usados somente na casa das pessoas, mas pode ser usado em lojas, shoppings, e os mais diversos ambientes nos dias de hoje, cumprindo, ainda, de forma eficaz, a função pedagógica que foi pensada por São Francisco, já que são os presépios que, normalmente, são usados para demonstrar às crianças a narrativa sobre o Natal e seus símbolos.

A tradição e as peças

Em diversas regiões do mundo, atualmente, é tradição montar o presépio durante a época do Natal, sendo feitos em diversos materiais, como de madeira e vidro, por exemplo, e diversos tamanhos, como minúsculos para colocar na estante da sala, ou de tamanho real, ocupando uma sala inteira.

As peças são:

  • Menino Jesus, filho de Deus
  • Virgem Maria, mãe de Jesus
  • José, pai de Jesus
  • Manjedoura com palhas em um curral, que foi o local de nascimento de Cristo
  • Burro e boi ou ovelhas – animais de um curral, simbolizando a simplicidade do local onde Jesus nasceu
  • Anjos, que anunciaram a chegada de Jesus
  • Estrela de Belém, que guiou os reis magos quando Jesus nasceu
  • Pastores que representam a simplicidade do local
  • Três reis magos, Melquior, Baltazar e Gaspar

Veja mais!