Ciências

A produção de oxigênio pelas algas e árvores

O ser humano, assim como outros animais, precisa de oxigênio para se manter vivo. Isso porque este gás é essencial para que ocorra a respiração celular, processo pelo qual há a liberação de energia necessária para que a célula consiga realizar suas atividades. Mas, de onde vem o oxigênio? Como podemos conseguir mais esse gás tão precioso para a vida? São as respostas para estas e outras perguntas que você vai encontrar neste artigo, para que possa entender melhor os processos que envolvem este gás no Planeta.

Como é produzido o oxigênio?

Na respiração há dois processos, a inspiração e expiração. Nos animais, a primeira ocorre quando o oxigênio é inalado. Após percorrer o corpo pelo sangue, ele é transformado em gás carbônico e é eliminado pela expiração. No caso das plantas, a respiração ocorre de forma inversa: entra gás carbônico e oxigênio, que é transformado em maiores quantidades deste último.

Porém, muita gente acredita que as árvores são responsáveis pela a maioria do oxigênio produzido no ambiente. O que não é verdade, tendo em vista que as algas marinhas e as de água doce são encarregadas de produzir 55% deste gás no Planeta. É óbvio que as florestas também contribuem, mas a maior parte do oxigênio produzido por elas é consumido pela respiração e decomposição delas e dos animais que vivem próximos.

A produção de oxigênio pelas algas e árvores

Foto: Pixabay

Além de consumir grande parte do oxigênio produzido, as árvores se tornam menos produtoras que as algas devido a vasta quantidade destas últimas espécies no mundo. Sabe-se que o Planeta Terra é coberto, em sua maioria, por água. Por essa razão, as inúmeras algas microscópicas fotossintetizantes acabam fornecendo mais que as florestas.

 O homem e a natureza

De acordo com biólogos, os seres humanos têm uma dívida alta com os vegetais aquáticos. Isso porque até as espécies mais simples, como as algas azuis, há 3,5 bilhões de anos lançaram e ainda lançam oxigênio na Terra. Desta forma fica claro como a existência dos homens dependeram da atuação de seres microscópicos.

Em troca desta ajuda das plantas, os humanos agem com violência e descaso contra a natureza. Sem ao menos levar em consideração que destruindo ela estarão aniquilando suas próprias vidas. É necessário preservar os meios aquáticos, tanto os de água doce como salgada. Além disso, é preciso maiores fiscalizações à respeito da retirada de árvores de florestas. Se os homens trabalham juntos pela proteção ambiental, vão estar também caminhando para uma vida com mais qualidade.