Publicado por Nicoli Tomazella

Quando os animais começaram a ser classificados, eles foram divididos em animais de sangue quente e animais de sangue frio.

Os animais de sangue quente e os de sangue frio

Os animais de sangue quente são as aves e os mamíferos. Hoje em dia os animais que têm sangue quente são chamados de animais endotérmicos. Os animais de sangue frio são conhecidos por animais ectotérmicos nos dias de hoje.

Esse recurso que os animais apresentam tem como objetivo controlar a temperatura corporal, e é chamado de mecanismos termorreguladores.

Animais endotérmicos e ectotérmicos

Foto: Reprodução

A Endotermia

Os animais endotérmicos conseguem elevar a temperatura de seu corpo, fazendo com que ela se mantenha constante a partir de alguns mecanismos internos, ou seja, o próprio animal consegue controlar sua temperatura. É a endotermia que permite que esses animais possam botar ovos. As aves e os mamíferos são animais endotérmicos.

A Ectotermia

Os animais ectotérmicos não conseguem regular a temperatura de seu corpo, sendo assim ele precisam de fontes externas de calor para elevar e manter a temperatura de seu corpo constante. Esses animais costumam ficar em exposição ao sol ou em contato com superfícies quentes, como as rochas, para que possam obter o calor do meio ambiente e assim se aquecer. Os répteis, anfíbios, a maioria dos peixes e os animais invertebrados são os animais conhecidos por animais ectotérmicos, hoje em dia.

A vantagem de ser um animal ectotérmico e um animal endotérmico

Metabolismo dos animais endotérmicos e ectotérmicos

Foto: Reprodução

A vantagem de um animal ser ectotérmico está ligada a desvantagem de um animal ser endotérmico, ou seja, a demanda de alimento.

Os ectotérmicos não precisam de muito alimento para sobreviver, assim podem viver em qualquer região, até naquela em que o alimento é escasso, como nos desertos. Existem alguns animais endotérmicos que vivem no deserto, porém os ectotérmicos predominam no local. Dessa forma esse animal é econômico energicamente. Porém ela também apresenta uma desvantagem, a dependência de temperatura externa.

Já os animais endotérmicos possuem uma desvantagem que é óbvia que é a necessidade constante de alimento. E a sua vantagem é que enquanto o processo de temperatura corpórea, a temperatura fica alta e constante, dessa forma favorece a atividade enzimática, fazendo com que esses animais tenham facilidade de habitar ambientes frios.

Os endotérmicos são chamados de homeotérmicos, pois mantém a sua temperatura estável e porque seu metabolismo aumenta conforme o aumento da temperatura ambiental. E os ectotérmicos são chamados de heterotérmico, pois sua temperatura e seu metabolismo aumentam conforme a temperatura ambiental aumenta.

Veja mais!