Publicado por Priscila Melo

A primeira Grande Guerra Mundial o correu durante os anos de 1914 a 1918. Junto com ela veio a devastação e sofrimento de muitos povos. Cerca de 8 milhões de pessoas foram mortas, 7 milhões ficaram com deficiências permanente. A população civil e principalmente masculina ativa dos países participantes, como Alemanha, França, Áustria-Hungria e outros, sofreram relevantes baixas. Mas o porquê do início da Primeira Grande Guerra Mundial?

Antecedentes da Primeira Guerra

Foto: Reprodução

O início

Para entendermos o que foi que acabou causando a primeira guerra mundial, é importante observar seus antecedentes, ou seja, fatores que foram acontecendo antes do período inicial dos combates, fatores que culminaram/causaram o estouro dessa grande guerra.

Tudo se deu, ainda no período do século XIX (entre os anos de 1871 e 1914), devido a disputa acirrada do mercado econômico, onde as grandes potências tentavam dominar novos mercados e as regiões que achavam interessantes para seus benefícios. O mercado estava aquecido porque a revolução industrial avançava a todo vapor por toda a Europa, e os impérios existentes naquela época tentavam se firmar como grandes potências econômico-políticas. Cada nação buscava algum meio de se beneficiar, a França tentava reaver a valorosa região de Alsácia-Lorena, dominada pelos alemães, os alemães por sua vez não mantinham uma boa diplomacia com a Inglaterra referente ao domínio de regiões do eixo afro-asiático, e o domínio exercido pela Áustria e Rússia não agradava aos grupos nacionalistas balcânicos.

Nenhuma diplomacia parecia ser suficiente para resolver as disputas de poder exercidas pelos variados impérios. Então nesse momento, começava uma grande corrida em busca de armamentos. Os incentivos pela produção e compras de armas fazia pressão para que as nações tivessem mais lucros e buscassem por mais matéria prima.

As nações e as alianças

Essas disputas faziam com que nações fossem conversando entre si na busca por alianças, onde ambos poderiam se beneficiar de algum modo. Em uma convenção, ocorrida em 1873, Russos e alemães firmaram pacto de ajuda militar, pouco tempo depois a Itália e a Áustria também se juntaram aos dois. Se formava aqui o primeiro grupo de países voltados para a disputa de poder econômico e militar.

O primeiro confronto

O primeiro confronto aconteceu nas regiões dos Balcãs, onde o Império Turco dominava uma região considerada muito lucrativa para os negócios. A Rússia com ajuda da Áustria derrotou os turcos e recuperou várias terras perdidas, a Áustria ficou com o controle da Bósnia-Herzegovina.

A Rússia passou a ter uma hegemonia na região, e a antiga aliança passou por alterações. A Alemanha fez acordo secreto com a Áustria em 1879. E em 1882 acontece o primeiro tratado de união entre países, o Tratado da Tríplice Aliança, que contavam com Alemanha, Áustria e Itália como aliadas.

A Inglaterra passa a ser ameaçada economicamente pela Alemanha, então em 1904 resolve seus problemas com a França e se alia a ela. Pouco tempo depois a Rússia se aproxima das duas nações, se juntando a elas logo em seguida. Formando então a Tríplice Entente.

Com a Europa envolta as disputas de poder, e uma divisão de dois grandes grupos com interesses distintos estampados na região, estava claro que algo grande estaria para acontecer. E foi a vontade de se tornar supremacias econômicas que fez com que a primeira grande guerra mundial explodisse.

Duas conferências ainda foram feitas no ano de 1898 e 1907 na tentativa de evitar que se iniciasse uma guerra, mas de nada adiantou.

Veja mais!