Publicado por André Luiz Melo

Elas servem para nos situar sobre a duração do tempo, quanto a contagem dos dias, semanas, meses, anos e assim sucessivamente. Falamos das horas. É, certamente sem elas jamais o ser humano conseguiria organizar sua rotina de tarefas e compromissos.

Entretanto, cabe perguntar: E quanto a grafia das horas, será que é possível escrevê-las de qualquer forma? Há alguma regra a seguir? Bom, assim como outras abreviações específicas, as horas têm determinadas especificidades que devem ser levadas em conta no momento de encurtar a sua grafia.

Assim, é essencial escrever as horas de forma coerente e adequada, para que dessa forma a grafia das mesmas não seja comprometida e fique em desacordo com a norma padrão para esses termos.

Aprenda a abreviar as horas corretamente

Imagem: Reprodução/ internet

Letra minúscula

Ao escrever a representação de horas é importante ter a atenção de sempre fazer o uso da letra “h” minúscula. Observe no exemplo abaixo:

O banco abre às 10h. E não o banco abre às 14H.

Não utilizar “s”

A grafia correta das horas deve apenas utilizar a letra “h”, ao invés de fazer uso do “h” acrescido da letra “r” e/ou “s”. Veja a seguir:

O show começará às 18h. Ao invés de: O show começará às 18hrs. Ou ainda: O show começará às 18hs.

Escrita por extenso

Ao escrever as horas com sentido de referência à duração de um determinado período de tempo, a grafia por extenso é a forma correta. Observe no exemplo:

O evento teve duração de quatro horas no domingo passado.

Zeros desnecessários

Quando for representar horas exatas a utilização de dois zeros é indispensável e, se utilizados, tornará a escrita incoerente. Perceba no exemplo a seguir:

O congresso terá início às 8h. Ao invés de: O congresso terá início às 8h00 ou 8:00h.

Indicação dos minutos

Já para escrever a representação de horas inexatas, aquelas que estão acompanhadas dos minutos, a forma correta se dá assim:

A partida de futebol terminou às 18h

Crase

O uso da crase na grafia das horas é bastante comum. De modo que é imprescindível o cuidado para que não se faça o uso inadequado da mesma ou ainda que seja omitida quando necessário. Observe abaixo os exemplos de quando utilizar a crase e quando não:

  • O jogo de basquete ocorrerá das 19h às 22h.
  • A aula de inglês vai de 9h a 11h.
  • O torneio de futsal seguirá sendo disputado até as 12h.

Veja mais!