Publicado por Katharyne Bezerra

Sentir fome, dor e sede, rir, chorar, resolver problemas matemáticos etc., só são possíveis porque dentro do caixa craniana existe o encéfalo e as suas diversas regiões encarregadas de ajudar nas sensações.

Podemos dizer, em outras palavras, que o sistema nervoso central localizado no crânio possui uma estrutura formada pelo centro de registros de sentidos e percepções.

O encéfalo é erroneamente chamado de cérebro, mas na verdade esse último nada mais é que uma porção dentro do encéfalo. Além do cérebro, existem o hipotálamo, tálamo, cerebelo, ponte, bulbo e outras tantas regiões.

A formação do encéfalo

Aprenda sobre a estrutura do encéfalo e suas funções

Foto: depositphotos

Quando o bebê está na barriga da mãe, todo o corpo dele começa a se desenvolver. O encéfalo, assim como todas as outras estruturas do ser humano, é formado. Mas, para ser um pouco mais preciso, essa região se origina através do tubo nervoso. Esse, por sua vez, se constitui através de três distintas áreas anteriores, são elas: mesencéfalo, prosencéfalo e rombencéfalo.

As duas últimas possuem diferenciações. O prosencéfalo se divide em telencéfalo, responsável pela formação do cérebro; e o diencéfalo, que é encarregado da função de construção do tálamo e hipotálamo.

Já o rombencéfalo é classificado em metencéfalo, que forma o cerebelo e a ponte; e o mielencéfalo, região incumbida da criação do bulbo.

Partes do encéfalo e suas respectivas funções

  • Cérebro: De todas as regiões do encéfalo, essa é a de maior tamanho. Ocupa o maior espaço dentro da caixa craniana e é o mais desenvolvido de todos os órgãos da cabeça. O cérebro possui algumas pregas em todo a sua extensão e é dividida em dois grandes hemisférios, ligados por uma parte chamada de corpo caloso. Cada lado é dividido em quatro regiões denominadas: lobo frontal, parietal, temporal e occipital. O cérebro é responsável por controlar as atividades motoras dos órgãos do sentido, por interpretar as sensações, raciocinar, pela memória, pelo controle dos músculos e dos ossos, entre outros;
  • Tálamo: Está localizada abaixo do corpo caloso e tem como função receber os estímulos dos órgãos do sentido e enviar pra o córtex cerebral, com exceção das sensações do olfato. Além disso, o tálamo é capaz de atuar com a consciência e a atenção do ser humano;
  • Hipotálamo:  Atua em diversos segmentos do organismo, como no controle dos batimentos cardíacos, da pressão arterial, do balanço hídrico e da temperatura corporal. Além disso, regula a sensação de fome, sede, concentração e comportamento sexual;
  • Cerebelo: Essa parte do encéfalo está relacionada com o equilíbrio do corpo. Sem o cerebelo não conseguiríamos andar de bicicleta, correr e outras atividades que para nós é comum;
  • Ponte: Assim como o próprio nome já induz, essa região serve como uma ponte entre córtex cerebral e o cerebelo. Também está relacionada aos movimentos do corpo, por exemplo a movimentação dos olhos;
  • Bulbo: Serve como coordenação de reflexos como espirro, tosse, deglutição, salivação etc. Além de atuar no controle dos batimentos cardíacos, pressão arterial e respiração.

Veja mais!