Publicado por André Luiz Melo

A língua portuguesa possui algumas surpresas e, vez por outra, você pode cometer algum engano tanto na escrita como na pronúncia e até mesmo quanto ao significado de algumas palavras. Exemplo disso é quando pronunciamos determinadas palavras cujas algumas vogais são diferentes, mas que possuem sons semelhantes ou mesmo praticamente iguais.

Um caso de confusão bem comum de ocorrer nesse aspecto diz respeito à pronúncia trocada de vogais como “e” e “i”. Tal equívoco, muitas vezes, se dá devido à semelhança na pronúncia existente entre essas vogais em determinadas palavras, uma vez que o som pronunciado se torna tão análogo que nesses casos fica difícil distinguir se a escrita da palavra é com “e” ou com “i”.

Entretanto, as regras da língua portuguesa são bem objetivas e rigorosas. Assim, o nosso idioma não admite a grafia e/ou pronúncia incorreta de qualquer palavra. E nem tão pouco a disseminação de significados equivocados de determinadas expressões.

Orientações importantes

Por isso mesmo que neste texto trazemos algumas dicas, orientações e explicações, para evitar que você cometa algum engano no léxico da língua portuguesa. Então fique atento aos passos a seguir:

As vogais E e I

Foto: Reprodução

Em quais casos empregar a vogal E?

1) As maneiras dos verbos na forma infinitiva (original) cuja terminações são em “-oar” e “-uar” são sempre escritas com “e”. Confira abaixo alguns exemplos:

abençoar – abençoe
perdoar – perdoe
magoar – magoe
continuar – continue
efetuar – efetue
flutuar – flutue

2) Exemplo de verbo no infinitivo terminado em “-ear”. Veja a seguir:

Verbo passear

Eu – passeio
Tu – passeias
Ele – passeia
Nós – passeamos
Vós – passeais
Eles – passeiam

3) Exemplo em palavras que possuem o prefixo ante (anterioridade):

anteprojeto
antessala (duplicação do “s” em virtude do novo acordo ortográfico)

Em quais casos empregar a vogal I?

1) As maneiras dos verbos na forma infinitiva (original) cuja terminações são em “-air”, “-oar” e “-uir” são sempre escritas com “i”. Confira abaixo alguns exemplos:

cair – cai
sair – sai
doer – dói
roer – rói
retribuir – retribui
usufruir – usufrui

2) Exemplo de verbo no infinitivo terminado em “-iar”. Veja a seguir:

Verbo anunciar

Eu – anuncio
Tu – anuncias
Ele – anuncia
Nós – anunciamos
Vós – anunciais
Eles – anunciam

3) Exemplo em palavras que possuem o prefixo anti (de oposição):

antissocial – (duplicação do “s” em virtude do novo acordo ortográfico)   ortográficas.
anti-higiênico

4) Exemplos de palavras derivadas cuja terminação é em “-iano”. Confira:

açoriano
machadiano

Veja mais!