Publicado por Anna de Cássia

Bacia hidrográfica é uma área que possui um grande conjunto de rios interligados. Geralmente, há um rio maior, e outros rios e riachos menores que se ligam a ele. Existem 12 bacias em todo o território brasileiro, e uma das mais importantes é a bacia de São Francisco, que irriga parte do nordeste, e leva água doce para milhões de pessoas que vivem na seca.

A bacia de São Francisco

Foto: Reprodução

A bacia de São Francisco

Esta bacia ocupa uma área de 640 mil quilômetros quadrados, passando pelos estados de Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Minas Gerais, Goiás e até mesmo pelo Distrito Federal. Ele chega a ser uma fonte de água doce para mais de 13 milhões de brasileiros, onde podemos destacar aqueles que vivem no sertão do nordeste e têm esta bacia como única fonte de água.

A bacia de São Francisco também teve um papel muito importante na história do Brasil, pois foi através ela que os portugueses conseguiram entrar com seus navios para explorar a porção interior das terras, já que antes disso, eles só tinham conhecimento da região litorânea.

 O Rio São Francisco

Apelidado carinhosamente e “velho Chico” pelos sertanejos, o Rio São Francisco tem sua nascente na Serra da Canastra, em Minas Gerais, e sua foz é na divisa dos estados de Sergipe e Alagoas, onde ele joga suas águas no Oceano Atlântico. Ao todo o rio percorre uma extensão de 2.700 quilômetros, no sentido sul-norte.

Outros rios afluentes da bacia de São Francisco

Além do Rio São Francisco, a bacia também possui outros vários rios menores que despejam sua água no rio principal. Esses rios menores são chamados de afluentes. Veja quais são os principais:

  • Rio Cariranha
  • Rio Pardo
  • Rio Grande
  • Rio das Velhas
  • Rio Paracatu
  • Rio Corrente
  • Rio Paraopeba
  • Rio Abaeté
  • Rio Jequitaí

Importância econômica da Bacia de São Francisco

Além de fornecer água potável para o consumo de milhões de pessoas, a bacia também tem uma grande importância econômica, principalmente para as regiões com clima semiárido do nordeste. Através do sistema de irrigação feito com as águas dos rios, é possível realizar vários trabalhos de agropecuária, desde a criação de gado até o cultivo de frutas para exportação e também para subsistência.

O potencial econômico desta bacia também é muito explorado pelas usinas hidrelétricas, que utilizam das águas para gerar energia para grande parte do Brasil. Dentre as usinas localizadas na bacia de São Francisco, estão a de Paulo Afonso, Sobradinho, Xingó, Três Marias, Itapirica, Moxotó, entre outras.

Veja mais!