Publicado por Anna de Cássia

Alguma vez você confundiu uma mariposa com uma borboleta? Por acaso sabe a diferença entre elas? Se não sabe, não se preocupe, nunca é tarde para aprender.

Borboleta e mariposa – Qual a diferença?

Foto: Reprodução

Semelhanças entre mariposa e borboleta

Insecta, e a ordem Lepdoptera. Por apresentarem um parentesco tão próximo, os dois insetos possuem muitas características iguais, como por exemplo, os dois possuem seis patas, antenas, e tem seu corpo dividido em cabeça, tórax e abdome.

Diferenças entre mariposas e borboletas

Uma das diferenças físicas mais marcantes entre esses dois animais é que as borboletas costumam ser bastante coloridas, seu corpo e asas costumam ter cores lindas e vibrantes. Já as mariposas não são tão coloridas, geralmente possuem cores fechadas, como marrom. Existe apenas uma espécie de mariposa que possui cores mais fortes.

Outra grande diferença é sobre o relógio biológico das duas. As borboletas têm vida diurna, ou seja, durante o dia elas passeiam, vão em busca de alimento, etc, e durante a noite elas dormem. Já a mariposa possui hábitos noturnos, ou seja, ela dorme o dia inteiro, e passa a noite toda acordada, buscando por alimento, etc.

Outra diferença que é bem interessante, é que tanto a borboleta quanto a mariposa fazem casulo para fazer a metamorfose, porém, apenas a mariposa faz um casulo utilizando fios de seda que saem de sua boca. Que chique, não é?

Quando as borboletas estão muito cansadas de tanto voar e param para descansar, elas deixam suas asas juntinhas, na vertical. Já as mariposas, quando param para descansar permanecem com as asas abertas, na horizontal, estendidas sobre o corpo.

As antenas também podem ajudar a diferenciar, pois as borboletas têm antenas clavadas, ou seja, antenas que são finas, mas se dilatam nas pontas. Já as antenas da mariposa são filiformes, ou seja, ambas retas e muito finas, como se fossem um fio. Às vezes pode acontecer da mariposa apresentar também uma antena plumosa, que parece muito com uma pena.

Quando uma borboleta poliniza as flores, as novas flores costumam nascer com cores vibrantes, como vermelho e laranja. Já as flores que foram polinizadas por mariposas tendem a nascer brancas ou com uma cor muito pálida – isso acontece por um motivo, que é a vida noturna das mariposas, faz com que as flores nascem claras e pálidas, para chamar mais atenção no escuro da noite.

Veja mais!