Publicado por Priscila Melo

Provavelmente você já deve ter ouvido falar no efeito estufa que é uma consequência do aumento do buraco na camada de ozônio. Essa tem sido uma preocupação mundial, mas você sabe o que é a camada de ozônio? Você sabe por que ela tem esse buraco e qual o motivo dele estar aumentando e preocupando o mundo inteiro? Vamos descobrir agora as respostas para essas perguntas!

A camada de ozônio

Foto: Reprodução

O que é a camada de ozônio?

Em volta do nosso planeta existe uma camada de um gás chamado ozônio (O3), este gás é constituído por três oxigênios ligados. A camada de ozônio fica em uma das camadas da Terra, que é chamada de estratosfera, a uma distância que fica entre 25 e 35 quilômetros acima da superfície da terra.

Essa camada é responsável por filtrar cerca de 95% dos raios Ultravioleta B (UVB) que são emitidos pelo Sol, com isso, acaba protegendo os animais, as plantas e os seres humanos desses raios que são muito nocivos.

Qual a sua importância?

A camada de ozônio é de fundamental importância para a vida em nosso planeta, se ela não existisse teríamos muitos problemas, pois as plantas teriam a sua capacidade de fotossíntese reduzida e a Terra não teria proteção contra os raios Ultravioleta B, aumentando assim os casos de câncer de pele, catarata, alergias, além de afetar o sistema imunológico. Ela é um tipo de filtro solar do nosso planeta.

O buraco na camada de ozônio

Existem muitas substâncias químicas que ao entrar em contato com a camada de ozônio acabam destruindo ela aos poucos. Essas substâncias são o principal motivo da causa do aquecimento do planeta, também chamado de efeito estufa.

Quando falamos do buraco na camada de ozônio, não quer dizer que com a emissão dessas substâncias está abrindo um buraco, mas sim que essa camada está ficando cada vez mais fina, permitindo desta forma que uma maior quantidade de raios Ultravioleta atinja a Terra.

Existem algumas épocas do ano em que acontecem algumas reações químicas na atmosfera que fazem com que a camada de ozônio fique mais fina, mas em pouco tempo ela volta a sua forma normal, pois este é um fenômeno natural. Mas o homem tem agravado esse processo, pois em muitas de suas atividades há a emissão de substâncias como os óxidos nítricos e nitrosos, o CO2, mas principalmente os clorofluorcarbonos, também conhecidos como CFCs.

Os CFCs estão presentes na composição de alguns produtos como refrigeradores, geladeiras e sprays. Quando usamos certos tipos de spray que possui o CFC, esse gás flutua no ar e chega a camada de ozônio, e quando o ozônio se mistura com esse gás ele se transforma em outra substância, fazendo com que o ozônio que cobre e protege a Terra vá desaparecendo.

Veja mais!