Publicado por Robson Merieverton

Pela facilidade com que as pessoas têm acesso a tecnologia, fica até um pouco difícil de monitorar os filhos no que diz respeito às redes sociais.

Eles estão abrindo contas nesses ambientes virtuais cada vez mais cedo, independente se há ou não supervisão dos pais. E isso pode representar um perigo para o desenvolvimento escolar e também para os problemas rotineiros que podem aparecer.

Embora muita gente desconheça, você sabia que existe uma idade mínima para possuir uma perfil, seja no Facebook, Instagram ou até WhatsApp? Caso essa determinação ainda não faça parte dos seus conhecimentos, está na hora de saber um pouco mais sobre esse assunto, até porque, não é difícil encontrar crianças que estão nas redes sociais.

Com quantos anos posso ter Facebook, WhatsApp e Instagram? Veja!

Foto: depositphotos

Determinações de uso

A partir da política de uso de cada rede social, existe uma idade mínima para que uma pessoa possa ter um perfil. Porém, nem todos respeitam essa determinação. Quando se faz o cadastro em algumas dessas redes é solicitado a idade, mas, nem sempre todas as pessoas, sobretudo as crianças, falam a verdade. Isso pode representar riscos, já que nem todas têm ciência dos perigos que a falta de orientação de uso pode causar.

Segundo a pesquisa TIC Kids Online Brasil 2014, conduzida pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), entre as crianças brasileiras de nove a 10 anos que usam a internet, 43% revelam ter perfil próprio em algum site de rede social. O número sobe para 68% entre os pré-adolescentes de 11 a 12 anos.

A idade ideal

Facebook

Para se ter um perfil no Facebook, considerada uma das redes sociais mais populares do mundo, é necessário ter, no mínimo, 13 anos de idade. De acordo com a política de uso do site, os perfis que não preenchem o requisito de idade correm risco de serem denunciados por outros usuários. Isso acontece a partir do preenchimento de um formulário por parte do denunciante. Após avaliação do moderador do site, o perfil pode ser excluído.

O Facebook é bem criterioso com essa determinação. Quem cria um perfil na rede, por exemplo, deve concordar com a chamada Declaração de Direitos e Responsabilidades. Esse documento está acessível para o usuário no ato da inscrição. Assim, o usuário se compromete a não incluir informações falsas, criar perfis para terceiros sem autorização e afirma que tem a idade mínima para se cadastrar.

Instagram

Nos termos básicos de uso, o aplicativo de fotos que foi adquirido pelo Facebook, em 2012, também indica que a idade mínima para ter um perfil nessa rede social é de 13 anos. Nos termos de uso também está descrita a proibição de publicação de conteúdos que sugiram violência, nudez, nudez parcial, discriminação, atos ilegais, transgressões, ódio, pornografia ou sexo.

WhatsApp

Hoje em dia, difícil é encontrar alguém que possua smartphone e não seja usuário do WhatsApp. Porém, a ferramenta não é aconselhada para menores de 16 anos. Nos Termos de Serviço, o aplicativo deixa claro a exigência da idade mínima. Mas a maioria dos pais desconhece essa regra.

Perigo no uso

As determinações por idade mínima para se possuir um perfil na rede é pensado como forma preventiva. Isso porque, dependendo da idade do usuário em questão, ele não sabe diferenciar uma possível ameaça, já que muitos crimes podem ser cometidos através do uso das redes sociais. Entre os mais comuns estão o crime de pedofilia, onde bandidos agem, através de perfis falsos, de forma a persuadir as crianças a enviar fotos ou comparecer a encontros perigosos.

Mesmo seguindo a determinação das idades mínimas, os pais devem ficar sempre atentos aos amigos, conversas e conteúdos compartilhados pelos filhos. Essa é uma das formas mais seguras de evitar que problemas mais graves aconteçam.

Veja mais!