Publicado por Anna de Cássia

Todos os seres vivos precisam se relacionar com as outras espécies para conseguir sobreviver. Nós, seres humanos, por exemplo, necessitamos dos animais para poder nos alimentar. Dentro da natureza existe um gigante ciclo de relações entre os seres vivos, onde um sempre depende do outro, e cada espécie tem sua função importante dentro do ecossistema para manter o equilíbrio.

Alguns desses relacionamentos podem ser negativos, como por exemplo quando o ser humano come um boi. Para o boi, esse relacionamento está sendo negativo, apenas o ser humano está sendo favorecido. Mas há também alguns relacionamentos que são positivos para os dois lados, e todos os seres vivos saem favorecidos. É importante lembrar que esse relacionamento pode ser entre seres de espécies diferentes, ou entre seres da mesma espécie.

O que é comensalismo

O comensalismo é uma relação ecológica que acontece entre indivíduos que pertencem a espécies diferentes, onde um é favorecido, e o outro nem ganha nem perde nada. Geralmente o benefício do comensalismo está mais ligado à busca por comida. Como assim?

Para entender melhor como o comensalismo funciona, vamos ver o exemplo do tubarão e das rêmoras. A rêmora é um peixe que se prende ao corpo do tubarão, se alimenta dos restos de comida dele que saem de sua boca, e ainda aproveitam para pegar uma carona, já que o tubarão se movimenta mais rápido. O tubarão, ao deixar que as rêmoras se fixem em seu corpo, não está sendo beneficiado, porém, também não tem nenhum prejuízo.

Outros exemplos de comensalismo

Comensalismo

Foto: Reprodução

As hienas alimentam-se de restos de animais que são deixados nas savanas por animais carnívoros que os devoraram. Sendo assim, as hienas são beneficiadas pelos animais carnívoros, e eles não estão ganhando nem perdendo nada ao deixar seus retos de comida para as hienas.

A mesma coisa acontece com os urubus, que vivem nos lixões comendo os restos de comida dos seres humanos. Não estamos sendo prejudicados nem beneficiados por essa atitude dos urubus, mas se não fosse por nós seria muito mais difícil para eles conseguirem se alimentar, então eles são beneficiados e essa é uma relação de comensalismo.

Inquilinismo

O inquilinismo é quase a mesma coisa que o comensalismo (e é até considerado a mesma coisa por alguns cientistas!). A diferença é que as relações de comensalismo se referem a quando há uma busca por comida, e as relações de inquilinismo podem ser uma busca por qualquer coisa: alimento, abrigo, proteção, etc.

Veja mais!