Publicado por Katharyne Bezerra

Todo mundo já deve ter ouvido falar que o leão é o rei da selva, não é verdade? Isso acontece porque é o único predador, isto é, quem consegue matar esse animal, é o ser humano. O panthera leo é o nome científico dado a esses seres vivos, que podem ser encontrados em três continentes: África, Europa e Ásia. Porém, a maior concentração desses animais está localizada nas savanas africanas.

O leão é considerado o segundo maior felino do mundo, ficando atrás somente do tigre siberiano. O peso dos machos variam de 150 a 250 quilos, já as fêmeas podem pesar de 120 a 180 quilos. E com relação ao tamanho, podem variar de 60 a 90 centímetros, sendo que as leoas são sempre menores que os leões.

Como vivem os reis da selva?

Esses felinos são os únicos que vivem em grupo, em sua maioria composto por fêmeas e que têm de cinco a 30 indivíduos, comandados por um líder ou dois no máximo. Nesses bandos, as tarefas são divididas pelos seus componentes, sendo assim, os machos ficam responsáveis pela defesa dos outros integrantes, enquanto as fêmeas realizam a caça e cuidam dos filhotes, esses, por sua vez, se forem machos são expulsos do grupo quando fazem um ano, para que aprendam a formar o próprio conjunto, enquanto as fêmeas ficam e aprendem a caçar junto com as mães.

Como é a vida dos leões?

Foto: Pixabay

Um leão come em torno de cinco quilos por dia, mas não é sempre que eles conseguem alimento. Por essa razão, em tempos de pouca caça, quando conseguem, podem comer 35 quilos de carne por dia. As principais presas desses felinos são mamíferos de pequeno e médio porte, como gazelas, antílopes, gnu, búfalos, zebras, javalis, girafas e até filhotes de elefantes. As leoas podem atingir uma velocidade de até 60 quilômetros por hora e, ao atacarem, as presas tentam sufocá-las segurando-as pelo pescoço.

A vida de um leão pode durar 20 anos, e as fêmeas podem ter filhotes a cada dois. O tempo de gestação é de 105 dias e são paridos de dois a três filhotes. Atualmente, os leões africanos estão classificados como vulneráveis pela União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN), pois a frequente caça está levando esses animais ao risco de extinção. Por isso, é importante desenvolver ações e projetos pensando na preservação dessas espécies.

A cor do leão

Os leões, normalmente, apresentam a cor amarelo e marrom, tanto no corpo quanto na juba, presente em abundância nos machos. Porém, existe ainda alguns felinos dessa espécie que apresentam a pelagem branca, graças à mutações genéticas sofridas ao longo do tempo. Além da cor do pelo, outra característica desses leões é a cor dos olhos, que podem ser azuis ou dourados.

O leão branco não é o mesmo que o albinismo nesses felinos, pois este último possui sensibilidade ao sol, diferentemente do primeiro que não possui. Por causa da cor, esses animais têm dificuldade de se camuflar na hora de caçar, tendo assim uma certa complicação para se alimentar. Para os nativos da África do Sul, esses felinos de cor branca são como uma divindade.

Veja mais!