Publicado por Robson Merieverton

Adorado por uns, detestado por outros! A verdade é que existe bem mais curiosidades por trás do cheiro de terra molhada do que as pessoas podem imaginar. Geralmente esse cheiro é identificado quando as plantas são regadas, quando chove ou cai um pouco de água em qualquer espaço de terra seca.

Porém, no meio científico o nome para esse cheiro é “petrichor”. A palavra é de origem grega, mas está vinculada a união do significado de duas palavras distintas: ‘petra’, que significa ‘pedra’ e ‘ichor, que se relaciona com o líquido que corre na veia dos deuses.

Esse odor é caracterizado pela presença de uma substância química existente em quase todos os tipos de terra, desde a presente no seu jardim às areias do deserto. Essa substância é conhecida pelo nome de “geosmina”. Assim como o petrichor, a palavra tem origem grega e significa “aroma da terra”.

Como é produzido o cheiro de terra molhada?

Foto: Reprodução/ internet

A geosmina não está na composição da terra por acaso. Ela é produzida por uma bactéria que não representa risco nenhum para o homem, animal ou ambiente onde está inserida. Ela é conhecida pelo nome científico de Streptomyces coelicolor. Quando a geosmina entra em contato com a água produz o cheiro característico.

Mais sobre a geosmina

É importante deixar claro que a geosmina não é uma substância encontrada exclusivamente na terra. Ela também está presente em alguns alimentos usados no dia-a-dia, como o peixe e a beterraba. Isso explica o gosto de terra que algumas pessoas relatam ao ingerir esses alimentos em específico.

A geosmina também possui outras peculiaridades, prova disso é que ela acabou aguçando a curiosidade dos cientistas. Já foi comprovado que ela apresenta benefícios na medicina, tanto que entra na composição de alguns antibióticos usados em tratamento, seja em pessoas ou animais.

A chuva

O cheiro de terra molhada é sentido com mais ênfase nos dias de precipitação pluviométrica. Em alguns casos, esse cheiro é tão ativo que pode agradar ou desencadear uma reação alérgica em determinado grupo de pessoas.

É importante destacar que, além, da presença da geosmina, também são identificados óleos voláteis expelidos por algumas espécies de plantas. Esse material fica acomodado em plantas ou no próprio solo. Quando vem a chuva, ele acaba se misturando com a água e ajudando na ativação do cheiro.

Veja mais!