Publicado por Pollyana Batista

Fazer uma síntese de um livro ou de um texto requer atenção e dedicação. Isso porque síntese não é um resumo comum. Quando você faz uma síntese deve ler, compreender a obra e, a partir disso, fazer um novo texto a partir do original.

Antes de escrever uma síntese, você precisa saber qual é o tipo de texto que você fará, pois existem três. O primeiro é uma síntese crítica. Nessa modalidade, o autor faz uma crítica ao conteúdo original, fazendo menção a contradições e falta de coerência dos argumentos originais.

O segundo tipo de síntese é a argumentativa. Nesse caso, a síntese vai apoiar o ponto de vista do autor original. Fazendo isso fundamentado por pesquisas e explanações que confirmam a tese primária.

Para escrever uma boa síntese é preciso estruturar bem o texto, com introdução, desenvolvimento e conclusão

Evitar gírias e termos informais é necessário na hora de produzir uma síntese (Foto: depositphotos)

O terceiro e último tipo de síntese é a explicativa. Nela, o redator se preocupa em explicar o conteúdo do texto original para os leitores. Isso acontece muito quando a fonte primária é complexa, e a sua síntese vai ajudar para que os leitores a entendam.

Passo a passo para escrever uma síntese

Depois que você escolher qual é o tipo de síntese que você vai fazer, veja como começar:

Desenvolva a estrutura da síntese

Todo texto precisa ter um começo, meio e fim. Em uma síntese argumentativa, explicativa ou crítica você deve desenvolver uma introdução, um desenvolvimento e uma conclusão.

A introdução deve ter um estilo de texto atrativo para que o leitor prossiga a leitura. No desenvolvimento é a hora de você expor argumentos sólidos para o seu artigo e na conclusão não deve esquecer de concluir o assunto de forma clara e objetiva.

Veja também: Texto dissertativo

Use exemplos

Para fortalecer ainda mais o seu conteúdo, você pode fazer uso de exemplos dentro da sua síntese. Desta forma, você poderá ratificar o ponto de vista do texto e também ajudar o seu leitor a ter uma compreensão melhor dos fatos.

Comparação

Você pode colocar na sua síntese de um texto ou de um livro uma comparação. As comparações ajudam a esclarecer as teses.

O inverso da comparação é o contraste. E você também pode usar de contraste no seu trabalho se for necessário. Mostra as diferenças entre as partes é uma boa forma de sintetizar.

Veja tambémA diferença entre um texto formal e um informal

Faça uso da normal culta

Uma síntese assim como todo trabalho acadêmico ou escolar deve prezar pela normal culta. Evite escrever gírias ou ser muito informal nos seus termos. Lembre-se que esse é um trabalho para ser avaliado e os termos utilizados devem ser formais.

Revise e corrija

Quando a sua síntese estiver pronta, leia- a e corrija-a antes de entregar para o avaliador. Se possível, leia em voz alta mais de uma vez, pois isso vai te ajudar a identificar os erros e as argumentações mais frágeis.

Veja também: Saiba como revisar o seu texto depois de terminado

Inclua a bibliografia

Uma das partes mais importantes de uma síntese é a inclusão da bibliografia. Principalmente, porque o seu texto é a síntese de outro, então o conteúdo original deve ser citado não só na introdução como desenvolvimento e também na bibliografia. As fontes são imprescindíveis.

Veja mais!