Publicado por Ana Ligia

Apesar dos avanços tecnológicos, escrever à mão ainda é algo necessário em diversas situações. E algo aparentemente simples costuma causar muita dor de cabeça para várias pessoas: a letra ilegível.

A famosa “letra de médico” torna a leitura difícil e quase incompreensível. Mas essa realidade não se aplica somente aos adultos, as crianças precisam treinar a escrita que numa certa fase passa da letra de forma para a letra cursiva.

Se não praticada corretamente logo no início da vida escolar, a letra da criança pode seguir fora dos padrões e com limitações de compreensão.

O melhor jeito de melhorar a forma da letra é praticando caligrafia. E você pode fazer isso sozinho. Veja como.

Praticar caligrafia sozinho

Como treinar a caligrafia em casa

Foto: depositphotos

Descubra qual a sua meta

Você precisa entender o seu propósito; porque você deseja melhorar sua letra e qual o principal problema com ela.

Ela é uma letra muito pequena? Quando você escreve ficam garranchos no papel? A forma como você escreve precisa ser mais legível? Depois que você reconhecer seu problema, hora de partir para a prática.

Conheça qual o melhor material para você

A arma mais importante e poderosa na hora da escrita é o material que você usa para desenhar a letra. Teste vários tipos de canetas e lápis e entenda qual o formato de ponta que deixa sua letra mais legível.

É importante também reconhecer o material que não deixa calos em seus dedos e aprender a usá-lo corretamente. As cãibras e dores são algumas das razões que deixam as letras mais preguiçosas e feias.

Escreva no ar

Para treinar os grupos musculares das mãos, braços e ombros, mantenha seu braço na sua frente e com o cotovelo dobrado escreva letras grandes no ar. Comece escrevendo frases completas no ar. A medida que você for se acostumando com o movimento, vá aos poucos escrevendo palavras cada vez menores.

Procure a postura correta

Comece a praticar no papel, transcrevendo trechos de livros. Mas antes ajuste sua postura. Você precisa ter espaço para se movimentar seu braço para escrever corretamente. Quando a posição começar a ficar mais difícil, não estrague sua postura movendo sua mão: mexa o papel.

Fique atento às formas da letra

Preste atenção nos ângulos da sua letra. Se ela for mais caída para algum lado, não há problema. Mas se for muito, tente mudar isso e escrever mais reto.

As linhas são importantes aliados

Escreva sempre em caderno com linhas, pois eles servem como orientação para perceber se sua letra está subindo ou descendo ou saindo delas.

Pratique sempre que puder

Tente resistir à tentação de digitar e escreva sempre que puder. Escreva listas de compra, faça um diário, faça rabiscos, enfim: escreva sempre.

Veja mais!