Publicado por Katharyne Bezerra

Acordar de manhã e tomar aquele chocolate com leite quentinho é a vontade de muitos, mas seja pela manhã ou à noite, em qualquer horário do dia o chocolate é sempre bem-vindo. Porém, o famoso chocolate em pó não só é usado na produção dessa bebida, mas também nas receitas de bolos, e é também ingrediente básico para fabricação de brigadeiro e muitos outros doces deliciosos.

Apesar de muito conhecido pelo sabor, você sabe como se fabrica o chocolate em pó? Quais as etapas de elaboração para que essa especiaria chegue até sua mesa? Onde começa e em que lugar esse processo é finalizado? Para responder esses questionamentos e mais alguns, o Estudo Kids trouxe o caminho percorrido por esse delicioso produto, desde a extração até a comercialização.

Etapas de produção do chocolate

Grande parte do processo de produção e fabricação do chocolate em pó é praticamente a mesma que todos os outros tipos de chocolate, seja o em barra, no formato de ovos de páscoa, bombons etc. A matéria prima de todos eles é extraída do cacaueiro, depois é levada para as indústrias, onde terá suas partes descompostas, misturadas e agitadas à outros ingredientes, passando por vários tipos de temperaturas. Até que enfim, são enviados para diferentes setores, responsáveis pelo acabamento e transformação no produto final.

Conhecendo a produção do chocolate em pó

Foto: Reprodução/ internet

Escolhendo o cacaueiro e extraindo a semente

A primeira fase da produção do chocolate em pó é feita ainda nas fazendas de plantação e cultivo de cacaueiros. Essas plantas originadas no continente americano, para oferecerem bons e produtivos frutos devem ser plantadas em região quente e úmida. O tamanho pode chegar até oito metros de altura, e para garantir boas mercadorias devem crescer debaixo de outras copas, para que estas últimas protejam as folhas mais altas do sol, garantindo assim o seu crescimento.

Depois de escolher a melhor planta, é necessário retirar os frutos. Cada cacau contém de 20 a 50 sementes, essas são extraídas e expostas ao sol por um período de oito dias, para que a água nelas contidas seja retirada. Ainda nas fazendas, as amêndoas são ensacadas e levadas às indústrias.

Processo industrial

Ao chegarem na fábrica, as sementes passam por um procedimento chamado torrefação, nele as amêndoas sofrem mais um processo de aquecimento, eliminando de vez a umidade e fazendo surgir o típico aroma do cacau. Após essa etapa, é dado início a de resfriamento e em seguida é feita a trituração, onde suas cascas são retiradas.

A terceira fase dentro das indústrias é a moagem. Nessa etapa, as sementes são trituradas em pedaços pequenos, mas, tendo em vista a quantidade de gordura existente nas amêndoas, o resultado não é em pó, e sim uma massa pastosa chamada de líquor. A partir de então, o produto passa por uma máquina de prensagem que o separa em dois outros ingredientes, a manteiga de cacau e a torta de cacau, essa última peneirada é a que serve para produzir o chocolate em pó.

Em seguida, é adicionado açúcar à torta de cacau. Depois é empacotado e enviado para os pontos de vendas, onde são comercializados.

Veja mais!