Publicado por Michelle Nogueira

O Brasil é um país enorme, o quinto maior do mundo. E está em uma posição no globo que permite as alterações de clima que conhecemos. Essa variação climática é o fator primordial para a determinação do tipo de vegetação de cada lugar, pois dela vão vir elementos como a quantidade de chuva, vento e até a constituição do solo.

Por ser tão extenso, possui vários tipos diferentes de vegetação, também conhecidas como bioma. Oito deles são os principais. Todos eles possuem características únicas, adaptadas especialmente para o clima. E você, sabe qual a vegetação do seu estado? Veja algumas delas e descubra:

Caatinga

A caatinga é o único bioma exclusivamente brasileiro, ou seja, não existe em mais nenhum outro país. Típica de clima semiárido, é encontrada no Nordeste. Suas plantas geralmente são espinhosas, chamadas de xerófilas, que armazenam água em seus caules. É conhecida como “mata branca”, e sobrevive mesmo com pouca água. No entanto, vêm sofrendo muito devido às queimadas que estão devastando e empobrecendo o solo.

Conhecendo a vegetação do Brasil

Foto: Reprodução/ internet

Mata Atlântica

É o bioma mais rico do mundo em fauna e flora, mas que sofreu uma diminuição drástica graças à ação humana. Natural de clima tropical úmido, era comum nas regiões litorâneas do país. Apesar disso, apenas 7% de sua extensão original resta até hoje.  Estendia-se desde o Rio Grande do Norte até o Rio Grande do Sul, mas atualmente, é um dos tipos de vegetação mais ameaçados do planeta.

Floresta Amazônica

O pulmão do mundo, pois é de imensa importância para todo equilíbrio ambiental da Terra. Possui clima equatorial, quente e úmido, é a maior floresta tropical do planeta e do Brasil, ocupando 42% do território nacional. Abriga milhões de espécies animais e vegetais, e se estende por toda a região Norte, pelos estados do Mato Grosso e Maranhão, além de alguns países da América do Sul. Infelizmente, vem sofrendo muito com o desmatamento ilegal, o garimpo e a criação de grandes fazendas de bois.

Cerrado

É a segunda maior formação vegetal do país, tomado 20% do seu território. Apesar de suas árvores serem baixas e retorcidas, abriga a maior biodiversidade do mundo. De clima tropical semiúmido, é encontrada no Planalto Central brasileiro, ou seja, na região Centro-Oeste. Sua fauna tem animais como o tamanduá-bandeira, veado, lobo-guará, entre outros.

Pantanal

Localiza-se no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além de territórios do Paraguai e Bolívia. É considerada uma das maiores planícies inundáveis do mundo, composta por um ecossistema diferenciado. Em algumas épocas do ano, fica submerso por conta das cheias dos rios. Apenas durante as estiagens que a vegetação volta a se desenvolver. Esse bioma abriga 3.500 espécies de plantas e muitos animais.

Manguezal

Os mangues são vegetações litorâneas, comuns em regiões onde os rios deságuam. Possui solo lodoso e salobro, mas muito rico. As plantas possuem raízes gigantes, que crescem para fora em busca de oxigênio. Os animais mais comuns são o caranguejo e as ostras.

Campos ou Pampas

São característicos de clima subtropical, e encontrados mais comumente na Região Sul, em especial no Rio Grande do Sul. Sua vegetação é rasteira, geralmente formada por herbáceas, capins, gramíneas e pequenos arbustos.

Mata das Araucárias

É uma vegetação típica de clima subtropical, encontrada na Região Sul do país e no estado de São Paulo. Os pinheiros são predominantes, como o pinheiro-do-paraná. Devido a intensa exploração de madeira para a fabricação de móveis, a cobertura original é quase inexistente.

Veja mais!