Publicado por Katharyne Bezerra

Iniciada no dia 7 de abril de 1948, a Organização Mundial de Saúde (OMS) existe para apoiar os países nas atividades relacionadas à saúde e bem-estar da sociedade. De acordo com a coordenação da instituição a saúde é “um estado de bem-estar físico, mental e social completo e não meramente a ausência de doença ou enfermidade.”

Por esta razão, atuam em diversas áreas, que vão desde doenças transmissíveis ou não transmissíveis até a prevenção e vigilância. Em outras palavras, a OMS trabalha com o intuito de combater as enfermidades já existentes e eliminar as possibilidades de novos contágios.

História da OMS

Com 68 anos de trajetória, a Organização Mundial da Saúde nasceu da necessidade que as pessoas tiveram logo após as guerras do século XVIII, como a do México e da Crimeia.

Conhecendo a Organização Mundial de Saúde (OMS)

Foto: depositphotos

Além disso, surgiu com o objetivo de melhorar a saúde em todo lugar do mundo. Atualmente, conta com mais de 7 mil pessoas trabalhando com esta finalidade em 150 escritórios distribuídos em nações, seis regionais e ainda a sede em Genebra, na Suíça.

Tem como diretora geral, a médica Margaret Chan, que está á frente da instituição desde 2006. Ainda na diretoria é possível destacar 34 cargos, os quais são assumidos por profissionais ligados à área da saúde.Vale ressaltar ainda que a OMS atua em todos os países que compõem a Organização das Nações Unidas (ONU), uma vez que é um órgão subordinado deste último.

Com relação ao financiamento, atualmente todos os países-membros colaboram com uma taxa para ajudar a manter as atividades do órgão. Além disso, nos últimos anos, a OMS conseguiu desenvolver parcerias com empresas farmacêuticas e outras organizações não governamental.

Atividades da Organização Mundial da Saúde

“O gozo do mais alto nível possível de saúde que pode ser alcançado é um dos direitos fundamentais de todo ser humano, sem distinção de raça, religião, convicção política, condição econômica ou social”, é um dos mais importantes princípios da OMS.

Este e outros compromissos da organização foram definidos a partir da constituição de 1946 a respeito da saúde, feita em Nova Iorque, Estados Unidos.

Assim, a organização tem como pautas principais a avaliação e aprimoramento dos sistemas de saúde, a preocupação com as doenças transmissíveis e não transmissíveis, buscar promover saúde de qualidade em todos os ciclos da vida da população, prevenir o risco de doenças infecciosas e melhorar os serviços institucionais.

OPAS/OMS Brasil

O Brasil é um dos países membros da OMS e um dos que teve extrema importância na criação desta unidade, tendo em vista que a ideia de criar um órgão de saúde mundial partiu de uma auditoria de delegados brasileiros.

Como uma forma de ficar mais próximo dos problemas das nações, a Organização Mundial da Saúde divide-se em sistemas. Por esta razão existe a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), que fiscaliza e tenta melhorar as políticas e serviços públicos de saúde nas Américas.

Veja mais!