Publicado por André Luiz Melo

Você já pensou, escreveu ou viu algum número hoje? Se sim, saiba que com certeza ele é um número natural. Isso mesmo! Compreendem os números naturais todos aqueles utilizados em uma contagem, seja para delimitar uma ordem, uma medida ou uma codificação.

De tal modo que temos a seguinte sequência composta pelos números naturais: 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12… A mesma pode ser aplicada em qualquer situação e, sua representação, se dá por meio do símbolo IN, o qual representa o conjunto dos números naturais:

IN = {0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12…}

Conhecendo os números naturais

Imagem: Pixabay

Conjunto infinito

Os números naturais partem do zero. Todavia, é impossível delimitar um número final para esse conjunto, uma vez que os números naturais são classificados como infinitos. Confira abaixo outros grupos numéricos também infinitos que surgem a partir dos números naturais:

  • Números naturais sem o zero IN* = {0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8…}
  • Números naturais pares {0, 2, 4, 6, 8, 10, 12, 14…}
  • Números naturais ímpares {1, 3, 5, 7, 9, 11, 13, 15…}
  • Números naturais primos {2, 3, 5, 7, 11, 13…}

Ordem numérica

A ordenação de números ocorre quando uma relação entre dois ou mais números é estabelecida. Tal ordenação é vista no grupo dos números naturais, de modo que esses números são classificados conforme os termos a seguir:

Antecessor: Considera-se antecessor de um número aquele que situa-se anterior a ele. Exemplos: 4 é antecessor de 5, enquanto que 3 é antecessor de 4. O número 2 é o que antecede 3 e 1 é o antecessor de 2. Já o 0, que não possui antecessor natural, é o número que antecede 1.

Sucessor: Compreende-se por sucessor aquele número que aparece depois de outro. Exemplos: 1 é o sucessor de 0, enquanto que 2 é o sucessor de 1. O numeral 3 é o que sucede 2 e 4 é o que sucede 3.

Consecutivos: Classificam-se como consecutivos números os quais estejam ordenados, sem que haja nenhum intervalo entre os mesmos. Exemplos: 2,3,4,5… são consecutivos, 10, 11, 12, 13… também.

Comparando

É possível se estabelecer um comparativo entre os números naturais. Para isso são utilizados os sinais de igual (=), menor que (<) e maior que (>). Observe os exemplos a seguir:

  • 1=1 (um é igual a um)
  • 3<5 (três é menor que cinco)
  • 6>4 (seis é maior que quatro)

Veja mais!