Publicado por Anna de Cássia

Com origem de duas palavras gregas, criptografia significa “escrita escondida”. É uma escrita feita em códigos, que somente que mandou e quem vai receber a mensagem saberá decifrar. Dessa maneira se pode garantir o sigilo da informação, se mais alguém ler a mensagem, não irá entender o que tem escrito ali e, portanto, esse será um segredo entre quem escreveu e a pessoa que soube desvendar o código.

Criptografia

Foto: Reprodução

Por que é importante escrever mensagens criptografadas?

Nas guerras, por exemplo, a criptografia é muito importante, porque assim os aliados podem trocar mensagens e, se por algum acaso a mensagem chegar às mãos erradas e o oponente vir, ele não irá entender nada. Espiões, por exemplo, mandavam suas mensagens sempre criptografadas.

Porém, a criptografia já existia bem antes das guerras mundiais, que foi quando ficaram mais famosas. Os antigos romanos já utilizavam da criptografia para mandar enviar ao exército planos de batalhas sem que os inimigos pudessem descobrir. Se os inimigos sequestrassem o mensageiro de Roma e roubassem a carta, só iam ver ali um monte de símbolos estranhos e que não faziam sentido, mas um verdadeiro romano que conhecesse o código poderia compreender a mensagem.

A criptografia ainda é usada hoje?

Sim! E muito! Não é preciso ter uma guerra para que usemos a criptografia. Na internet, por exemplo, a criptografia é muito utilizada. Nos computadores é trocada tanta informação no mundo inteiro, e algumas delas são tão importantes, que é necessário utilizar de códigos.

Hoje em dia o que vem ajudando muito a criptografia virtual é o avanço da matemática. Ela é capaz de estudar e elaborar estratégias, que vão criar infinitos códigos de criptografia para deixar a mensagem cada vez mais complexa e mais difícil de ser entendida pelos hackers, que são pessoas que buscam informações alheias para fazer coisas erradas.

Em lojas, bancos e sites de internet, o sistema de segurança também utiliza de códigos de criptografia para proteger suas informações sigilosas. Também nós podemos utilizar criptografia. Podemos criar nosso próprio código e escrever em nosso diário utilizando ele, assim se alguém ler não irá entender os nossos segredos que estão ali dentro.

Como criar a sua própria criptografia?

É bem fácil! Você pode pensar em várias maneiras de criptografar suas mensagens, como escrever tudo de trás pra frente, substituir todas as letras da palavra pela letra que vem antes dela no alfabeto (como o A é a primeira letra, colocamos o Z no lugar dela).

Você pode também criar o seu próprio código. Escreva em um papel todas as letras do alfabeto, e para cada letra atribua um número. Ex: A = 6, B = 17, C = 41, e assim por diante. Ou então você pode substituir as letras por símbolos, A = coração, B = círculo, C = estrela, etc. Depois que substituir todas as letras, decore o código, e escreva uma mensagem utilizando-o.

Veja mais!