Publicado por Anna de Cássia

Durante a Idade Média ocorreu uma série de eventos chamados Cruzadas, que eram organizadas pela Igreja Católica. O objetivo das cruzadas era converter pessoas de outra fé e recuperar o poder sobre a Terra Santa, que pertencia aos muçulmanos. Foram eventos muito violentos e com muitas mortes.

Cruzada das crianças

Foto: Reprodução

Por que aconteceu a cruzada das crianças?

Houveram várias cruzadas, e em todas elas o “exército” da Igreja Católica foi derrotado, então criou-se um mito de que apenas crianças conseguiriam conquistar a Terra Santa, pois crianças são puras de coração e Deus ajuda as crianças. Foi então que a Igreja resolveu fazer a Cruzada das Crianças.

A cruzada das crianças aconteceu de verdade?

Isso é uma resposta que os pesquisadores ainda não sabem dizer. Há alguns relatos sobre a cruzada das crianças, mas nada que comprove de verdade que aconteceu, por isso ela é considerada um mito.

Outra coisa que pode ter acontecido é uma tradução errada e má interpretação dos relatos, pois o termo “pueri” encontrado nos relatos originais serve para descrever tanto crianças quanto homens jovens.

Há outro mito de que essa cruzada que ocorreu em 1212 não foi apenas de crianças, mas também de pobres camponeses, mendigos, doentes e outros tipos de pessoas que ficam à margem da sociedade e eram conhecidas como os “prediletos de Jesus”, por que era a quem ele gostava de ajudar.

Como foi a cruzada das crianças?

Ela supostamente aconteceu em 1212, quando as crianças migraram da França e da Alemanha para Jerusalém com o objetivo de converter os muçulmanos e conquistar de volta a Terra Santa para a Igreja Católica. Geralmente eram levadas em aglomerado por um homem que as guiava sempre para o Sul da Europa, em direção à Terra Santa.

Esse homem que guiava as crianças se chamava Estevão de Cloyes, e ele dizia que Deus o havia revelado em sonho que apenas os puros de coração poderiam conquistar a Terra Santa. Então ele peregrinou e convenceu várias e várias crianças a se juntarem à causa.

A Europa é separada da Palestina (onde fica a Terra Santa) pelo mar mediterrâneo. Quando Estevão chegou no lá com s crianças, ordenou que o mar mediterrâneo se abrisse para que eles passassem, como aconteceu com Moisés no Mar Vermelho, segundo a Bíblia.

Porém, o Mediterrâneo não se abriu. Então alguns mercadores se ofereceram para levar as crianças em seus navios até o outro lado do mediterrâneo. Muitas delas morreram antes de chegar lá, e as que sobreviveram tornaram-se prisioneiras desses comerciantes e foram vendidas como escravas para os muçulmanos.

Veja mais!