Publicado por Katharyne Bezerra

“Como é bom tocar um instrumento”. Esta frase, dita pelo músico e compositor Caetano Veloso, resume bem o prazer que os músicos sentem ao ter em mãos um instrumento. Mas além do sentimento de felicidade proporcionado, a música é responsável ainda por diversos benefícios à saúde e a vida dos estudantes desta expressão cultural.

O impacto positivo da música já foi comprovado por médicos e terapeutas de várias gerações. Desta forma, é possível afirmar que uma simples canção pode beneficiar o corpo e a mente de quem toca ou escuta.

De acordo com o professor de música do Colégio Poliedro em São José dos Campos (SP), Celso Pan, o estudo de música pode proporcionar melhores resultados no desenvolvimento da criança e adolescente no que se refere a coordenação motora, concentração e expressão de emoções.

O estudo de música proporciona melhores resultados no desenvolvimento da criança e adolescente

A música consegue melhorar a inteligência espacial dos estudantes (Foto: depositphotos

“É muito prazeroso conseguir dominar e criar música a partir de um instrumento. Muitas vezes torna-se um jogo de sons, pura diversão”, conta o professor. Ainda segundo Celso, para que o estudante tenha bons resultados é necessário que ele tenha autoconhecimento corporal, dedicação, disciplina e concentração.

Benefícios de estudar música

Levando em consideração as informações do site oficial do Instituto de Bateria Eduardo Reche, a música consegue melhorar a inteligência espacial dos estudantes, provocando um avanço nos processos criativos e uma melhoria com relação ao pensamento lógico dos indivíduos.

Por esta razão, o professor do Colégio Poliedro recomenda que as aulas de música iniciem ainda no Ensino Fundamental II, pois quanto antes as crianças aprendem esta expressão cultural, mais benefícios elas podem adquirir da prática.

Veja também: 5 de março e o Dia Nacional da Música Clássica

“A música estimula atributos como a expressividade, a comunicação e a espontaneidade. Como uma expressão artística, comunica e desenvolve a espontaneidade quando se começa a improvisar ou criar”, descreve.

Além destes benefícios, a música ainda pode contribuir com um melhor desempenho em outras matérias da escola. Segundo Celso, ela está diretamente ligada à percepção dos sons, desenvolvendo a memória sonora e corporal.

Durante a aula deste professor, o aluno pode colocar em prática alguns conhecimentos como: matemáticos, com divisão de tempos, fração etc; históricos, por meio do legado musical, entendendo os momentos históricos passados; e geográficos; devido as especificidades de cada povo e suas expressões artísticas musicais. “Tudo isso representa o desenvolvimento de raciocínio e entendimento de um todo”, ressalta Celso.

Opinião de quem trabalha com música

De acordo com o cantor, compositor e poeta David Henrique, a música é responsável por proporcionar muitos benefícios à sua vida. “Acho que melhora a cognição e aumenta a percepção sensorial”, explica o músico.

Como criar uma letra de música

Já para o saxofonista André Luiz, a música tem o poder de ajudar de forma interna, sendo capaz de provocar paz de espírito. “Você se torna uma pessoa mais centrada. Eu mesmo quando estou tocando é como um teletransporte para outra dimensão”, conclui.

Veja mais!