Publicado por Anna de Cássia

Você ainda não sabe o que é gramática? Não acredito nisso! Gramática é um livro que contém todas as normas e regras da língua que se fala no país. Por exemplo, aqui no Brasil nós temos a gramática da Língua Portuguesa, onde todas as pessoas aprendem qual o jeito correto de falar e escrever em português.

Divisões da gramática

Foto: Reprodução

Pois bem, agora que você já sabe o que é uma gramática, precisa saber também que a gramática possui divisões! Isso mesmo! Para facilitar os nossos estudos, os linguistas dividiram a gramática em partes. Cada tipo de assunto que nós estudamos na aula de português pode pertencer a uma parte diferente da gramática. Entenda melhor isso:

A divisão da gramática

Para organizar melhor a língua e facilitar os nossos estudos, acharam que seria melhor dividir os assuntos da gramática em três partes, onde cada parte possui assuntos parecidos, que tem alguma coisa em comum. Essas partes são:

  • Fonologia
  • Morfologia
  • Sintaxe

Fonologia

Fonologia é uma palavra grega que significa estudo do som. Portanto, essa parte da gramática se dedica a estudar o som das palavras, das sílabas, etc.

Por exemplo, você lembra-se de quando estudou encontros vocálicos, divisão silábica, dígrafos, regras de acentuação e as regrinhas do “x”, “ch”, “s” e “z”? Tudo isso faz parte da fonologia.

Morfologia

Esta área da gramática estuda a estrutura de formação e classificação das palavras. Ou seja, a morfologia é quem divide as palavras em grupos de acordo com suas funções: podem ser substantivo, adjetivo, pronome, advérbio.

A morfologia também estuda a derivação e composição de palavras, da conjugação verbal, etc. Por exemplo, casinha é uma palavra composta pelo termo base mais um sufixo diminutivo: casa + inha. Logo, casinha significa uma casa pequena. Quem estuda isso é a morfologia.

Sintaxe

Essa parte da gramática estuda as frases, e os sentidos e classificações da palavra de acordo com o contexto da frase à qual ela está inserida. Ou seja, a sintaxe estuda a relação estabelecida entre as palavras de uma frase.

Por exemplo, a palavra bola pode ser um sujeito na frase “A bola é vermelha”, e pode ser um predicado na frase “Pedro perdeu a sua bola”. Para poder classificar a palavra bola de acordo com a sintaxe não podemos olhar apenas para a palavra, mas sim para todo o contexto em que ela está inserida dentro da frase.

Os assuntos da gramática que ficam na parte da sintaxe são: sujeito, predicado, objeto direto e indireto, frase, oração, período, sujeito, predicado, aposto, vocativo, etc.

Veja mais!