Publicado por Débora Silva

Você já parou para pensar que um texto, para que seja considerado uma unidade mínima de significado, necessita de alguns elementos que façam com que a mensagem que se deseja passar seja clara e objetiva? Ou seja, um texto precisa ser constituído de textualidade, pois, caso contrário, será uma mistura de letras e palavras sem sentido algum.

Escrever um texto pode ser difícil para muitas pessoas, pois além do conhecimento gramatical, pode acontecer de as ideias não fluírem ou certa dificuldade em organizá-las. Na redação de um texto é fundamental que a mensagem seja transmitida com a maior clareza possível, articulando bem as ideias e selecionando as palavras cuidadosamente.

A textualidade é um conjunto de elementos que fazem com que determinado texto possa ser considerado como tal. Vamos ver mais detalhadamente alguns destes elementos:

Coesão e coerência

Os conceitos de coesão e coerência estão interligados e são importantes na escrita e na compreensão de um texto.

Elementos da textualidade

Foto: Reprodução

Coesão

O conceito de coesão trata basicamente do conjunto de recursos linguísticos existentes entre as palavras, as frases e as orações, fazendo com que os parágrafos se apresentem de forma harmoniosa.

Os recursos de coesão envolvem as conjunções, os pronomes e os advérbios.

Coerência

A coerência trata do próprio sentido atribuído ao texto, abordando as relações lógicas entre as ideias e acontecimentos.

Este conceito se liga ao conhecimento linguístico (gramatical ou lexical) e ao conhecimento extralinguístico compartilhado entre os usuários (emissor e receptor) da língua.

Elementos essenciais na construção da textualidade

Clareza

Na construção de qualquer texto, as palavras devem ser escolhidas com atenção, já que isso resultará na qualidade da mensagem produzida. As ideias devem estar bem dispostas e ordenadas entre si, para que um texto seja objetivo, claro, coerente e coeso.

A dica para alcançar a clareza pretendida é evitar palavras muito difíceis e não fazer rodeios naquilo que você quer dizer. Vá direto ao ponto!

Ordem direta das palavras

Busque sempre utilizar a ordem direta das palavras, isto é, aquela em que a colocação se apresenta como sujeito + predicado + complemento (quando houver). A colocação das palavras na ordem direta facilita o entendimento do texto.

Expressividade

A expressividade está relacionada com a escolha das palavras feita pelo emissor para enunciar determinada ideia e tem muito a ver com os seus conhecimentos linguísticos. Prefira usar a voz ativa em vez da passiva e escolha os substantivos, adjetivos e advérbios com cuidado.

*Débora Silva é graduada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas).

Veja mais!