Publicado por Débora Silva

Você já deve ter visto, em alguma fotografia ou desenho animado, a imagem de alguns cataventos que giram com a força do vento, não é? Pois bem, a energia eólica é justamente aquela gerada pelo vento. Este tipo de energia é usado pelo homem desde a antiguidade, principalmente nas embarcações e moinhos. O termo “eólico” vem do latim aeolicus, que tem relação com Éolo, o deus dos ventos na mitologia grega.

Nos dias atuais, a energia eólica é pouco utilizada, mas ainda assim é considerada importante, por se tratar de uma fonte de energia limpa, que não gera poluição e não agride o meio ambiente.

Mas como a energia do vento é aproveitada?

No passado, a energia eólica era transformada em energia mecânica nos moinhos de vento, usada na moagem de grãos ou para bombear água. Atualmente, a energia do vento é aproveitada por meio de grandes turbinas (chamadas de aerogeradores), que possuem o formato de cata-vento ou de um moinho, que produzem energia elétrica. Estas grandes turbinas são colocadas em lugares abertos com muito vento, e o seu movimento gera energia elétrica através de um gerador. Os locais ideais para a instalação de aerogeradores são aqueles com ventos frequentes de 15 km/h.

Energia eólica: uma fonte limpa e renovável

Foto: Pixabay

Os aerogeradores geralmente são agrupados em parques eólicos, para que a produção de energia seja rentável, mas também podem ser usados isoladamente, para fornecer energia a locais afastados da rede de transmissão. Os parques eólicos são conjuntos de várias grandes turbinas individuais ligadas a uma rede de transmissão de energia elétrica.

A energia eólica é considerada uma importante fonte natural de energia, principalmente pelo fato de ser renovável, isto é, ela não se esgota. Este tipo de energia começou a ser explorado na década de 70, com a crise do petróleo.

A energia eólica no mundo

Nos dias atuais, apenas 1% de toda a energia gerada no mundo vem deste tipo de fonte. O potencial para exploração da energia gerada pelo vento é grande, e os países que mais produzem este tipo de energia são os seguintes: China, Estados Unidos, Alemanha, Espanha, Índia, França, Itália, Reino Unido, Canadá e Portugal.

No Brasil, há um grande potencial para a geração de energia eólica, mas atualmente a capacidade instalada representa menos de 2% do potencial total. Este tipo de energia é muito usado para bombar água para irrigação, mas são poucos geradores eólicos que produzem energia elétrica. O Nordeste é a região do país que possui o maior potencial eólico.

Veja mais!