Publicado por Robson Merieverton

A falta de cuidado com os dentes pode resultar no aparecimento de cáries. Hábitos relacionados à alimentação, presença de flúor na água ingerida e no creme dental de uso, além do cuidado com a higiene, estão relacionados diretamente ao aparecimento dessas bactérias.

As cáries são identificadas pela atuação de alguns tipos específicos de bactérias nos dentes. Sua atuação consiste na produção de ácidos que destroem o esmalte do dente e a camada também conhecida por dentina, que está localizada na parte interior do dente.

A cárie também está relacionada à desmineralização do dente. A boca é vista como um habitat perfeito para a proliferação de algumas bactérias. Elas podem se acumular na película pegajosa chamada placa bacteriana.

entenda-como-a-carie-e-formada-nos-dentes

Foto: Pixabay

A partir da ingestão de algumas comidas e bebidas, essas bactérias produzem ácidos que podem dissolver a camada protetora do dente, também conhecida por esmalte.

Todo esse processo resulta na formação das cáries, ainda mais se o cuidado com a higiene for falho. Por isso, ela deve ser vista com muita atenção pelas pessoas.

Consequência do aparecimento das cáries

A partir do aparecimento dessas bactérias, uma série de sintomas passam a ser desenvolvidos e sentidos pela pessoa. Entre eles, três aparecem como os principais: dor de dente; dores ao mastigar e sensibilidade ao ingerir alimentos ou bebidas quentes, frias ou doces.

Tratamento para as cáries

Na identificação de alguns dos sintomas apresentados acima, a primeira providência a ser tomada é consultar um dentistas. Dependendo de como está a situação, ele pode recorrer a alguns tratamentos.

Um deles é aplicar selantes nos molares que apresentam os primeiros sinais de cárie dentária, caso o esmalte ainda não tenha sido danificado.

Quando o esmalte é danificado, o dentista tem de fazer uma intervenção maior, optando pela restauração do dente. Existem casos que, a cárie já danificou tanto o dente que a forma de tratamento consiste na realização de um canal.

No caso em que o tratamento não for feito, essas bactérias podem se espalhar pela raiz do dente, comprometendo-o como um todo. Dessa forma, a única alternativa será a extração do dente. Também não está descartado o desenvolvimento de um abcesso dental.

Prevenção

Para evitar que as cáries se desenvolvam, algumas precauções podem ser tomadas, entre elas, a mais relevante é a higienização correta dos dentes.

Para isso é indispensável o uso de fio dental e escova de dente. O recomendado é usar creme dental com flúor para reforçar a estrutura dos dentes.

Outra atitude que deve fazer parte do seu dia-a-dia é o uso do enxaguante bucal antibacteriano. Ele reduz os níveis de bactérias que causam cárie.

Comer alimentos açucarados ou ricos em amido também facilita o aparecimento de cárie. Por isso, vale a pena reduzi-los.

Veja mais!