Publicado por Lia Vieira

O artigo é aquela palavra dentro da língua portuguesa que vai definir ou indefinir o substantivo, isto é, o artigo é uma classe de palavras que antepõe-se ao substantivo.

Além disso, o artigo integra as 10 classes gramaticais que conhecemos, indicando também, o gênero (masculino e feminino) e o número (singular e plural).

Artigos definidos e indefinidos

Artigos Definidos – O/ A, Os/ As

Artigos Indefinidos – Um/ Uma, Uns/Umas

Artigo definido

São aqueles usados para indicar seres determinados, expressos de forma individual, ora representados conforme o quadro acima por: o, a, os, as. Por exemplo:

“A estudante se veste muito bem.”
“As estudantes se vestem muito bem.”
“O diretor parabenizou a todos.”
“Os diretores parabenizaram a todos.”

Usamos também o artigo definido antes de nomes de:

  • Continentes: “A Austrália é um país continente.”
  • Países: “O Brasil é o maior país da América do Sul.”
  • Poucos nomes de cidades: “O Rio de Janeiro é famoso por suas praias.”
Entendendo a importância e utilização dos artigos

Imagem: Reprodução/ Cibertec

Não utilização do artigo definido

Não usamos o artigo definido antes de:

  • Datas: “Hoje é dia 1° de maio.”
  • Alguns nomes de países: “Portugal, Angola e Moçambique são países lusófonos.”
  • Nomes de cidades: “Brasília é a capital do Brasil.”

Artigos indefinidos

São aqueles usados para indicar seres de modo vago, impreciso, ora representados pelo quadro acima por: um, uma, uns, umas. Por exemplo:

“Uma criança se sobressaiu entre as demais.”
“Umas crianças se sobressaíram entre as demais.”
“Um garoto entregou os prêmios aos vencedores.”
“Uns garotos entregaram os prêmios aos vencedores.”

Outras circunstâncias em que os artigos se manifestam

  • Considera-se obrigatório o uso do artigo depois do numeral “ambos”: “Ambos os garotos decidiram participar das olimpíadas da escola.”
  • Quando indicado no singular, o artigo definido pode indicar toda uma espécie: “O trabalho dignifica o homem.”
  • No caso de nomes próprios personativos, denotando a ideia de familiaridade ou afetividade, é facultativo o uso do artigo: “Bianca é a mais extrovertida das três irmãs.” “André é o favorito da família.”
  • Quando houver nomes próprios personativos estarem no plural, são determinados pelo uso do artigo: “Os Maios; Os Incas; Os Astecas.”
  • Usa-se o artigo depois do pronome indefinido todo (a) para conferir uma ideia de totalidade. Sem o uso dele (o artigo), o pronome assume a noção de qualquer: “Toda a classe parabenizou o professor.” (A sala toda); “Toda classe possui alunos interessados e desinteressados.” (Qualquer classe).
  • Antes de pronomes possessivos, o uso do artigo é facultativo: “Adoro o meu vestido longo.” “Adoro meu vestido longo.”
  • A utilização do artigo indefinido pode indicar uma ideia de aproximação numérica: “O máximo que ele deve ter é uns trinta anos.”

Veja mais!