Publicado por Priscila Melo

Você já deve ter ouvido falar em Napoleão Bonaparte, não é mesmo? Este homem foi muito importante para a história, principalmente no período da Revolução Francesa. Conheça agora um pouco mais sobre ele e como alcançou tantas conquistas.

Era Napoleônica

Foto: Reprodução

Conhecendo Napoleão

Napoleão Bonaparte nasceu e Ajaccio, na Córsega, no ano de 1769. Ele foi tenente da artilharia do exército francês aos 19 anos de idade, em seguida, aos 27 anos, foi promovido a general, onde saiu vitorioso em diversas batalhas que ocorreram na Itália e na Áustria.

Ele esteve no poder durante 15 anos, entre 1799 e 1815, e durante esse período conquistou grande parte da Europa através da ação militar, o que gerou diversas batalhas, nas quais quase sempre ele ganhava.

Napoleão foi um dos maiores estrategistas militares de toda a História. O seu governo foi dividido basicamente em três partes: o Consulado, o Império e o Governo dos Cem Dias. Veja agora cada um deles.

O consulado

Este governo teve início em 1799 e seu fim aconteceu em 1804, ele foi instalado após a queda do Diretório. O Consulado possuía um caráter republicano e também militar. Na administração do poder executivo três pessoas eram responsáveis, dois cônsules e Napoleão. Mesmo os cônsules estando em maioria, Napoleão possuía mais influência e poder e por isso foi eleito primeiro-cônsul da República.

Nesta época havia uma forte censura à imprensa, a ação violenta dos órgãos policiais e o desmanche da oposição ao governo e isso colocou em questão os ideais de “Liberdade, igualdade e fraternidade” que eram o lema da Revolução Francesa.

Entre os principais feitos de Napoleão nessa época podemos citar:

  • Na economia – ele criou o Banco da França em 1800, controlando a emissão da moeda e a inflação, criou tarifas protecionistas, o que fortaleceu a economia nacional.
  • Na religião – ele elaborou a Concordata entre a Igreja Católica e o Estado, onde o governo francês teria direito de confiscar as propriedades da Igreja e em troca teria de amparar o clero.
  • No direito – ele criou o Código Napoleônico, que representava grande parte dos interesses da burguesia, como o casamento civil, o respeito à propriedade privada, o direito à liberdade individual entre outros.
  • Na educação – ele reorganizou as prioridades para a educação e também para a formação do cidadão francês.

Império

O Império, a segunda fase Napoleônica teve início em 1804 através de um plebiscito que foi aprovado com quase 60% dos votos, a partir deste momento o regime monárquico passou a ser reestabelecido na França e Napoleão ocupou o trono.

Esse período é caracterizado por inúmeras batalhas de Napoleão para a conquista de novos territórios para a França. Seu exército se tornou o mais poderoso de toda a Europa. O principal inimigo era a Inglaterra, pois os ingleses não eram a favor da expansão francesa, com isso se uniram com a Austrália, Rússia e Prússia para tentar impedir essa expansão.

A Inglaterra na época era a maior potência naval, o que fez com que Napoleão pensasse em outra forma de vencer essa batalha, com isso ele estabeleceu o Bloqueio Continental, onde os países europeus deveriam fechar os seus portos para o comércio com a Inglaterra, enfraquecendo dessa forma as exportações do país e consequentemente criando uma crise industrial. Após um tempo alguns países descumpriram o Bloqueio fazendo que Napoleão recuasse a ponto de abdicar.

O governo dos Cem Dias

Com a derrota para as forças da coligação europeia, Napoleão acabou sendo exilado na Ilha de Elba, mas um ano depois ele conseguiu fugir. Com um exército ele reconquistou o seu poder na França, e após isso passou a atacar a Bélgica, mas sem sucesso. Dessa forma, ele foi preso e exilado pela segunda vez, mas nesta segunda foi para a Ilha de Santa Helena, no ano de 1815. E em 1821 ele morreu, suspeita-se que de envenenamento.

Veja mais!