Publicado por Lia Vieira

A físico-química é a ciência que estuda as propriedades físicas e químicas da matéria, proporcionando instrumentos para traduzir e controlar os fenômenos naturais. Podemos perceber que a físico-química é a junção de duas matérias.  A física é a ciência responsável pelo estudo da matéria e seus fenômenos naturais e a química possui foco na composição da matéria, suas leis e propriedades.

Físico-química

Foto: Reprodução

Como surgiu o termo físico-química?

O físico, químico e astrônomo russo, Mikhail Lomonosov, foi o autor do termo “físico-química”, em 1752, durante uma palestra para estudantes na Universidade Estatal de São Petersburgo. Este, no entanto, apenas entre 1860 a 1880 desenvolveu trabalhos sobre termodinâmica química, eletrólitos em soluções, cinética química, entre outros temas a partir dos quais se desenvolveu a físico-química moderna.

Química e seus três principais ramos

Dentro do estudo da química, encontramos três ramos importantes, sendo eles:

  • Físico-química
  • Química Inorgânica
  • Química orgânica

Principais áreas abordadas pela físico-química

  • Soluções:trabalham com o cálculo das diferentes concentrações das soluções químicas. Esta área é muito abordada em laboratórios e indústrias químicas;
  • Propriedades coligativas: São propriedades que explicam vários fenômenos que observamos em nosso cotidiano, que ocorrem independentemente da natureza da matéria, mas dependem da quantidade de partículas presentes em suas soluções;
  • Termoquímica: trabalha com o estudo das relações químicas e os fenômenos físicos em que há troca de energia na forma de calor, ocasionando a alteração na temperatura ambiente;
  • Cinética química: é também conhecida como cinética de reação. É uma ciência que estuda a velocidade das reações químicas, processos químicos e de fatores que as influenciaram;
  • Equilíbrios químicos: estudo da química que foca em reações reversíveis que se processam em dois sentidos simultaneamente, bem como os fatores que interferem nesse equilíbrio das reações;
  • Eletroquímica: estuda o aproveitamento prático das reações de oxidorredução (transferência de elétrons). Nesta parte, o estudo é dividido entre as pilhas, baterias e eletrólise.

Diferença de fenômenos químicos e fenômenos físicos

Fenômenos químicos

São mudanças na composição de uma determinada substância, tendo em vista que os elementos químicos se estruturaram de forma diferente. A combustão, por exemplo, transforma uma substância em outra, como é o caso da madeira ou carvão, que através da combustão se transformam em cinzas. A modificação da matéria através de um fenômeno químico, não pode retornar à sua estrutura original.

Fenômenos físicos

São fenômenos que não alteram a composição nem as propriedades químicas das substâncias. Como exemplo podemos citar o papel: quando o rasgamos, ele não deixa de ser papel e sim muda a sua forma.

Veja mais!