Publicado por Lia Vieira

As fontes de luz podem ser naturais ou artificiais. O sol é uma fonte primária de luz natural enquanto que as lâmpadas são fontes de luz artificiais. A luz é uma onda eletromagnética que, no caso da natural, tem o sol como fonte e, no caso da artificial, é uma energia gerada a partir de fontes alternativas.

Fonte de luz natural

A luz natural é autogerada e divide-se em um espectro de cores, as cores visíveis dos raios. O espectro contém luz com comprimentos de ondas mais curtos e próximos ao violeta em uma das extremidades e luz com comprimentos de onda mais longos e próximos ao vermelho em outra.

Esses raios são chamados de:

  • Ultravioleta;
  • Infravermelho.

Ambos os raios não são visíveis ao olho humano. O espectro completo da luz de fontes naturais é o ideal para a vida animal e vegetal no planeta Terra, é esse tipo que permite que plantas e animais se desenvolvam.

O sol é uma fonte de luz natural, também é conhecido como fonte de luz primária. A lua não é considerada uma fonte de luz primária, pois trabalha difundindo a luz de uma fonte primária. Neste caso dá-se o nome de corpo iluminado ou fonte de luz secundária.

Fontes de luz

Foto: Reprodução

Qual a importância da luz natural para os seres vivos?

A exposição moderada à luz solar é saudável e beneficia todos os seres vivos do planeta Terra. A luz natural aumenta a energia e o metabolismo, impulsiona o sistema imunológico e ajuda a produzir a vitamina D, elementos essenciais ao corpo humano.

Qual a importância do escuro nos seres vivos?

A escuridão é um fator inerente à fotoatividade nos organismos, ajuda a rejuvenescer e a restaurar as formas de vida em nível celular.

Fonte de luz artificial

A luz artificial é gerada por fontes de energia não naturais. A maioria das atividades humanas seriam praticamente impossíveis se não existissem fontes alternativas de luz. Ela pode ser controlada de acordo com as vontades e as necessidades do homem. É possível monitorar adequadamente a intensidade, a qualidade e a quantidade de luz para determinadas situações. Essa não tem um espectro de cores ou comprimentos de onda tão variados quanto a luz natural, fazendo com que seja menos benéfica.

Como exemplos, podemos citar como fontes de luz artificial a vela em chamas, a lâmpada e as lanternas.

Veja mais!