Publicado por Lia Vieira

O infinitivo, o gerúndio e o particípio são as chamadas formas nominais do verbo. Neste artigo vamos nos aprofundar um pouco mais neste ramo da gramática, aqui vamos descobrir que todas elas se caracterizam por não poderem exprimir em si nem o tempo nem o modo verbal.

Podem muitas vezes aproximar-se das características de um substantivo, adjetivo ou advérbio, e por isso são chamadas de formas nominais. As formas nominais do verbo são as flexões verbais que não se enquadram em nenhum modo verbal. Vamos conferir abaixo.

Infinitivo

O infinitivo expressa um verbo sem sua conjugação, isto é, o verbo que está na frase e que não está conjugado é chamado de verbo no infinitivo.

Sua característica é apresentar um processo verbal em si mesmo, ficando isento de aspectos ligados ao tempo e modo, resumindo, é o verbo em sua forma original, sendo representado pelas terminações: AR; ER; IR.

Infinitivo: ligar, rever, cantar, dançar, partir, fumar, etc.

Formas nominais do verbo

Foto: Reprodução

Vamos conferir alguns exemplos:

“É terminantemente proibido ligar som automotivo neste recinto.”

“Precisamos rever nossas amigas.”

“Ela vai cantar na sexta-feira.”

“Infelizmente, chegou a hora de você partir.”

Fumar faz mal à saúde.”

“É preciso amar todos nesta vida.”

Gerúndio

Dentro do gerúndio encontramos ações que ainda estão em andamento, ou uma ação que está sendo feita no mesmo tempo que a outra, para conseguirmos então a ideia de indefinido.

Gerúndio: comendo, andando, falando, sorrindo, havendo, tendo, etc.

Podemos perceber que o gerúndio se compõe de um verbo auxiliar (ser, estar), mais um principal, sempre acrescentando a terminação NDO, retratando uma ação em processo.

Vamos conferir alguns exemplos:

“A aluna estava estudando na sala de aula.”

“O menino, chorando, devolveu a boneca.”

“A menina quebrou a perna dançando hip hop.”

“Cláudia estava comendo quando a convidei para sairmos.”

“Estou memorizando estas teorias para a prova de amanhã.”

“Henrique estava batucando na sala de aula.”

Particípio

No particípio encontramos expressões que já foram concluídas, isto é, o particípio revela um tempo decorrido, que se constitui também de um verbo auxiliar mais um principal, seguido das terminações ADO e IDO.

Particípio: estudado, cantado, enxergado, encantado, falado, terminado, acendido, etc.

Vamos conferir alguns exemplos:

“Mariane tinha estudado bastante para esta prova.”

“Tínhamos falado para ela ir à minha casa.”

Terminado a festa, todos foram para suas casas.”

“André havia acendido a lareira.”

“Se você tivesse avisado, não teria chegado antes de Lucas.”

Aprovado no vestibular, iniciarei meu projeto.”

Veja mais!