Publicado por Prof. Junior Sousa

Gírias em inglês são importantes formas de se comunicar dentro da língua. Isso porque, elas podem te fazer compreender expressões culturais dos nativos da língua e imergir de forma direta na maneira como eles se comunicam.

A língua de um povo representa bastante sua cultura e por ser o fator primordial de comunicação da sociedade, ela é um elemento vivo que está sempre em mudança.

Assim, surgem novos significados de maneira constante para que a língua permaneça viva e atenta aos movimentos naturais e históricos que se propõe a comunicar.

Hoje nós vamos te ensinar algumas gírias em inglês e expressões idiomáticas que vão fazer com que você permaneça antenado à forma de utilizar a língua nas ruas e em situações informais atualmente.

18 gírias em inglês

Você vai aprender algumas gírias em inglês que podem ser bastante úteis quando você pretender se comunicar em inglês, e que, são bastante utilizadas pelos nativos da língua em alguns dos países de onde elas provêm!

What’s up?

Se você leu essa gíria como deveria, pode achar que pronunciou o aplicativo de mensagens WhatsApp. E o aplicativo foi nomeado propositalmente a partir do fonema que essa gíria causa em quem ouve.

Crianças sorrindo

“What’s up?” é uma gíria em inglês utilizada para perguntar se alguém está bem (Foto: depositphotos)

Para nós ela pode se traduzir em: tudo bem? o que tem feito? Além de ser uma maneira de você cumprimentar alguém de quem é mais próximo e não precisa de formalidades para se comunicar.

How you doin’?

Essa é uma gíria bastante comum na língua inglesa e traduz-se basicamente em: como vai? Tudo bem?

Pode te ajudar a puxar papo em diversas situações informais e é também uma forma de cumprimentar pessoas com quem você não tenha tanta proximidade.

Na série F.R.I.E.N.D.S., essa costumava ser a frase de impacto do personagem Joey quando ele pretendia impressionar as garotas. Logo, culturalmente também é utilizada como forma de paquerar.

Buddy

Essa é a maneira mais moderna de você referir-se aos seus amigos de maneira informal. Pode ser utilizada tanto como um vocativo como quanto um substantivo. Observe alguns exemplos:

– Hey, buddy… Why don’t we see a movie together this evening? – Hey, amigo… Por que a gente não vê um filme juntos hoje à noite?

– Mom, this is Mike my buddy from the English Classes. – Mãe, esse é o Mike meu amigo das aulas de inglês.

Dude

Dependendo da situação onde essa gíria seja aplicada, ela poderá ter dois significados: tanto pode significar um “cara” (pessoa do sexo masculino) como pode significar uma interjeição que expresse empolgação com o que se fala.

Dessa forma, a entonação e o contexto em que essa gíria é aplicada definem o seu significado. Conforme você poderá ver nos exemplos abaixo:

– Yesterday I met a dude just like Justin Bieber. – Ontem eu conheci um cara idêntico ao Justin Bieber.

– Dude, I can’t believe we have the BTS concert tickets. – Cara, eu nem acredito que nós temos os ingressos pra o show do BTS.

For real

É uma forma de dizer, em inglês, que algo é honesto, que algo é verdadeiro, sincero, genuíno. Mas, também, pode significar que alguém falou sério sobre determinada coisa. Que realmente quis expressar aquilo. E você pode ver isso ser aplicado em frases como:

– I’ve realized we were friend for real when she invited me to her slumber party. – Eu percebi que éramos amigas de verdade quando ela me convidou pra noite do pijama dela.

– Were you for real when you’ve said I could go out with him, Mom? – Você realmente falou sério quando você disse que eu podia sair com ele, mãe?

For sure

É uma expressão positiva, vai significar que algo é dado como certo, como definitivo. E você pode ver isso ser aplicado em frases como:

– For sure you can grab my books. – Claro que você pode pegar meus livros.

– They’re dating for sure. – Eles estão namorando com certeza.

I get it (presente) / I got it (passado) / Gotcha!

Essa é uma resposta curta que tanto encaixa-se no presente quanto no passado. Em inglês, essas expressões tanto podem significar “eu entendo” quanto podem significar “eu entendi”. E você pode vê-las sendo aplicadas nos exemplos abaixo:

– I get it that I’m grounded, but, it’s my best friend’s bithday party. Please, let me go. – Eu entendo que eu esteja de castigo, mas, é o aniversário da minha melhor amiga. Por favor, deixa eu ir.

– I got it why I’m grounded, but, I don’t get it why can’t you make an exception. – Eu entendi que eu estou de castigo, mas, eu não entendo porquê você não pode abrir uma exceção.

A forma abreviada que servirá para os dois tempos e acaba sendo a maneira mais fácil de utilizar a gíria é o “gotcha“. Veja ela sendo aplicada no diálogo abaixo:

A – There’s no point in grounding you if I let you go to a party. Gotcha? – Não tem sentido eu castigar você se eu te deixar ir pra uma festa. Entende?

B – Gotcha that you’re ruining my life. – Entendi que você está arruinando a minha vida.

Squad

Com certeza você já ouviu falar nessa gíria, principalmente se você é um dos fãs da cantora Taylor Swift. É uma das expressões em inglês para se referir às amigas ou amigos com quem você anda sempre juntos. De quem você é mais próximo.

Nós poderíamos traduzir isso em português como: um grupinho, uma galera próxima, ‘’os chegados”. E você pode ver essa gíria ser aplicada em frases como:

– I won’t travel on my next vacation without my squad. – Eu não vou viajar nas próximas férias sem meu grupo.

– There’s no fun on a party without my squad. – Não tem graça uma festa sem meus amigos.

LOL!

Essa é uma gíria que você provavelmente verá se trocar mensagens com nativos diante de algo engraçado. Ela é uma abreviação de: Lots of Laughs! (Muitas risadas), e, costuma ser bastante utilizada em comunicação digital.

Uma nota cultural que vale a pena ser compartilhada é em relação ao nosso equivalente “KKK”. Muita gente ainda usa quando troca mensagens para demonstrar risos: seja de forma sincera ou irônica.

Mas, um amigo teve problemas ao se corresponder com um americano para explicar que o nosso “KKK” significava o “LOL!” deles. Isso porque, durante um período da história americana, surgiu um grupo racista chamado Ku Klux Klan nos Estados Unidos.

Esse grupo ameaçava os negros, tirava suas vidas e suprimia seus direitos. Além disso, eles costumavam ter por abreviação o “KKK”.

Então, é muito importante que você não utilize essa abreviação quando estiver se correspondendo em inglês para expressar risadas. É ofensivo para quem lê e tem consciência histórica.

No entanto, o K (sozinho) ou KK, em alguns lugares, pode significar a abreviação de: “tudo certo”, “entendido”, na linguagem virtual. Mas, dificilmente eles utilizam três K’s para referir-se à algo positivo, engraçado ou que alguém concorde que exista ou tenha existido. Gotcha?!

Dead

É uma gíria que pode expressar que você está chocado, surpreso com algo que acabou de vivenciar ou ouvir. É o equivalente em inglês pra o nosso: “Tô morto (a)!”. Observe em alguns exemplos como isso é aplicado:

– After Shawn Mendes’ concert I’m dead. – Depois do show do Shawn Mendes eu tô morto!

– I’m dead, dude. – Tô morto, cara!

You’re killing me

É uma expressão relacionada com a anterior, mas que serve para expressar o quanto alguém está te deixando chocado com algo que esteja compartilhando com você. Ou mesmo, o quanto a pessoa está te fazendo rir naquele determinado momento.

Podendo ser usada da seguinte maneira:

– You’re killing me with this jokes. – Você tá me matando (de rir) com essas piadas.

– The concert was amazing, Shawn Mendes killed me last night. – O show foi maravilhoso, o Shawn Mendes acabou comigo noite passada. (de tanto me divertir, de tanto me impressionar com a apresentação.)

Life

É uma forma de adjetivar algo que, para quem fala, é muito bom ou parece extraordinário. Por exemplo:

– McDonald’s’ sandwiches are life. – Os sanduíches do McDonald’s são tudo de bom.

– Spending the holidays watching Netflix is life. – Passar o feriado assistindo Netflix é tudo de bom.

(Something or someone) rocks

É uma gíria que você vai utilizar quando quer falar que algo é muito bom em inglês, que alguém é muito bom no que se propõe a fazer, ou ainda, que algo ou alguém arrasa. Como nos exemplos:

– I’m studying with Anna ‘cause she rocks at Math. – Eu vou estudar com Anna porque ela arrasa na matemática.

– The new Ariana Grande’s single rocks. – A música nova da Ariana Grande é muito boa.

(Someone) slays

É uma gíria que refere-se a alguém que é “destruidor” em relação aos outros naquele mesmo patamar. Ou seja, que está acima de seus concorrentes, que é extremamente bom no que faz. Observe nos exemplos abaixo:

– Beyoncé not only sings, she slays. – A Beyoncé não só canta, ela destrói.

– Tom Brady slays on the field. – O Tom Brady é destruidor em campo.

To ship (a couple)

Essa gíria se tornou muito utilizada com a popularização das séries americanas no Brasil. Por isso, é normal você ouvir várias pessoas dizerem que “shippam” um determinado casal juntos ou que “shippavam” um casal que se separou.

E, o significado dessa gíria nada mais é do que: torcer por um casal ficar junto. Você pode ver isso ser aplicado nas seguintes frases:

– I can’t ship Selena and Justin anymore because he’s married. – Eu não posso mais torcer pela Selena e o Justin porque ele casou.

– While watching 13 Reasons Why I’ve shipped so hard Hannah and Clay. – Enquanto eu assistia “Os 13 porquês” eu torcia muito pela Hannah e o Clay.

Babe / Boo

É uma maneira informal de referir-se ao seu namorado (a) em inglês. Pode significar tanto isso, quanto chamar a pessoa de “amorzinho”, referir-se à ela como seu amor ao invés de simplesmente seu namorado (a). Confira:

– She’s my babe. – Ela é o meu amor.

– I miss my boo so much… – Sinto tanta falta do meu namorado.

Like

É uma palavra bastante plural, pois tanto pode ser utilizada como o verbo gostar, quanto pode ser utilizada em grau comparativo, dependendo da construção de frase que se faça utilizando-se desse elemento.

Enquanto gíria, ela pode ser utilizada para expressar: “tipo”. Nesse sentido, ela é bastante utilizada no inglês em contextos como:

– You can be dating my mom, but you’re not like my father. – Você pode até estar namorando a minha mãe, mas você não é tipo meu pai.

– Avengers End Game was like the best movie ever made. – Vingadores Ultimato foi tipo o melhor filme já feito.

See you later / See you / See ya’

São formas bastante informais de se despedir das pessoas, podendo significar: até mais, tchau!, te vejo por aí.

Crianças em painel amarelo

Gíria utilizada para se despedir de alguém (Foto: depositphotos)

Quando utilizar gírias?

É importante que você tenha em mente que nem sempre vai ser bem-vindo o uso de gírias em qualquer que seja o país ou língua em que pretenda se comunicar.

Existem situações em que você não vai poder utilizar-se delas para falar o que pensa. Ou, pessoas que não vão compreender o motivo de você utilizar-se de uma linguagem mais informal em vez da língua como deva ser aplicada.

Geralmente, as gírias são palavras que ganham um significado ‘’figurado’’ dentro de determinado contexto.

Elas surgem dentro de determinado grupo de pessoas para representar a linguagem própria daquele grupo, por qualquer que seja o motivo, como: manter seus assuntos privados, exprimir na sua linguagem a identidade daquele grupo, dentre outros.

Assim, elas se tornam conhecidas porque esses grupos são formados por indivíduos que pertencem também a outros grupos. Por isso, algumas gírias ganham bairros, cidades, e, até mesmo o mundo.

No entanto, por mais que sejam conhecidas, é importante que você sempre se atente à quando utilizá-las e, principalmente, com quem, para evitar gafes em culturas que você pode não estar tão habituado.

Sendo assim, prefira utilizar as gírias em inglês com pessoas que você tenha um laço mais próximo e que não vão te julgar pela maneira de falar.

Do mesmo modo, evite-as em situações formais e diante de pessoas que pareçam mais conservadoras ou venham de geração diferente da sua (o conflito de geração às vezes faz com que as palavras tenham significados diferentes para cada faixa etária).

*Júnior Sousa é professor de língua inglesa.

Veja mais!