Publicado por Priscila Melo

A história da Roma Antiga é uma das mais interessantes e fascinantes de se estudar. Sua cultura nos influencia até os dias atuais. Roma era uma pequena cidade e com o tempo passou a ser um dos maiores impérios da antiguidade. Conheça agora um pouco mais da história do Império Romano.

Império Romano

Foto: Reprodução

A origem Roma

Roma surgiu da mistura de três povos que foram habitar a região da Península Itálica, estes povos eram: os gregos, etruscos e italiotas. Juntos começaram a desenvolver na região uma economia que era baseada na agricultura e nas atividades pastoris. A sociedade daquela época era dividida em duas partes, os patrícios, que eram os nobres proprietários de terras, e os plebeus, que eram os comerciantes, artesãos e pequenos proprietários.

Quanto a política, o sistema daquela época era a monarquia, pois a cidade era governada por um rei de origem patrícia. A religião era politeísta, ou seja, possuíam mais de um Deus, estes deuses eram muito semelhantes aos dos gregos, a diferença entre eles eram o nomes. Nas artes a pintura de afrescos, murais decorativos e esculturas que tinham influências gregas e eram o destaque da época.

A formação e características do Império Romano

Depois de terem dominado toda a Península Ibérica, os romanos não se contentaram e foram em busca de outros territórios para conquistar. Eles possuíam um exército muito bem preparado e vários recursos, liderados pelo general Anibal, conseguiram vencer a guerra contra os cartagineses, nas Guerras Púnicas. Esta foi uma vitória muito importante, pois com ela os romanos dominaram o Mar Mediterrâneo. Após essa conquista, conseguiu dominar muitos outros lugares.

O Império Romano ocorreu entre 27a.C. e 476d.C. Roma passou a ser governada por um imperador vitalício, que em 395 dividiu o poder com outro imperador baseado em Bizâncio, que foi rebatizada de Constantinopla e hoje é Istambul.

O primeiro imperador de Roma foi Otávio, que ao se tornar imperador recebeu o título de Augusto, que significa divino. Conheça as dinastias do império romano:

  • Dinastia Júlio-Claudina (de 14 a 68)
  • Dinastia dos Flávios (de 69 a 96)
  • Dinastia dos Antoninos (de 96 a 192)
  • Dinastia dos Severos (de 193 a 235)

A Pax Romana

Foi nesse período que os romanos chegaram ao apogeu político e cultural. A Pax Romana foi o período em que as guerras de expansão tiveram fim. Com isso houve um grande investimento nas artes, literatura, na filosofia, na arquitetura e no Direito. As cidades foram construídas, as estradas, aquedutos e muitas outras. Mas, com a Pax Romana começaram a surgir alguns problemas, pois como não haviam mais guerras começou a faltar mão de obra escrava. Consequentemente a produção diminuiu, os preços foram aumentando e os governantes foram obrigados a aumentar os impostos.

A crise do Império Romano

O Império Romano passou por uma grande crise no século III. Essa crise foi política e econômica, com os problemas que surgiram da Pax Romana, a situação foi ficando mais grave.  O exército passou a ficar enfraquecido e as fronteiras passaram a ficar mais desprotegidas. Por não receberem seus salários muitos soldados deixavam seus postos.

Com isso, o império começou a ficar vulnerável e os povos germânicos, que eram chamados de bárbaros pelos romanos, tentaram invadir Roma. O imperador Teodósio, diante dos acontecimentos achou melhor dividir o império em dois: o Império Romano do Ocidente (capital em Roma) e o Império Romano do Oriente (capital em Constantinopla).

Em 476 os povos bárbaros invadiram o Império Romano do Ocidente, derrubando-o. Mas o Império Romano do Oriente ainda sobreviveu por mil anos, até que os turco-otomanos invadiram Constantinopla dando fim a este período.

Veja mais!