Publicado por Anna de Cássia

A industrialização acontece quando uma cidade, país ou região, passa por um processo de transformação, em que os modos de produção – e também a sociedade – deixam de ser agrários para serem industriais. Ou seja, a industrialização é o crescimento da atividade industrial.

Industrialização

Foto: Reprodução

A sociedade na industrialização

No modelo capitalista de produção, que é o que nós vivemos, existem dois tipos de classes sociais principais: os proletariados (trabalhadores) e os burgueses (patrões). Esses burgueses são os donos dos investimentos e dos meios de produção, e são quem fica com a maior parte do lucro das indústrias.

Essa transformação da sociedade que acontece com a industrialização é considera o símbolo da modernidade, pois graças a ela as cidades crescem, formam-se grandes centros comerciais, e a economia local sobe consideravelmente.

Além disso, a industrialização gera mais empregos, o que aumenta o número de consumidores, e consequentemente, aumenta o lucro das industrias.

Hoje em dia, quando uma sociedade não é industrializada, ela é considerada atrasada, por não conseguir gerar emprego suficiente ou ter uma economia maior. Por isso, a maioria dos lugares não industrializados fazem o possível para atrair mais indústrias e sofrerem esse processo de industrialização.

A Revolução Industrial

No mundo inteiro, o primeiro lugar que passou pelo processo de industrialização foi a Inglaterra. Durante o imperialismo eles acumularam muita riqueza, e com isso, no século XVIII, conseguiram realizar a revolução industrial.

A revolução começou com a invenção das máquinas, que eram capazes de auxiliar os homens nos sistemas de fabricação de mercadoria, deixando a produção bem mais rápida e o lucro bem maior. Depois da Inglaterra vários países da Europa começaram a se industrializar, e depois do mundo inteiro.

A industrialização no Brasil

O processo de industrialização só veio acontecer no brasil muitos anos depois, porque nós possuíamos uma grande dependência econômica que vinha do nosso passado colonial.

Por isso, apenas na década de 1930, durante o governo de Getúlio Vargas, o Brasil conseguiu começar sua industrialização. Mas foi só em 1950 que esse processo foi intensificado e ficou bastante forte.

As multinacionais

Também chamadas de empresas globais, as multinacionais são empresas que, como o próprio nome já diz, pertencem a várias nações. A coca-cola, por exemplo, possui fábricas em vários lugares do mundo.

Essas empresas procuram se instalar em outros países menos desenvolvidos, porque assim podem fabricar seus produtos utilizando de matéria prima e mão de obra mais baratas, o que aumenta muito o lucro final.

Veja mais!