Publicado por Débora Silva

A cidade de Roma tem uma grande importância como centro de difusão cultural no mundo ocidental. Ao contrário dos gregos, os romanos sentiam que todas as coisas belas deveriam ser úteis e a aplicação desta máxima pode ser observada em várias áreas, desde a arte ao Direito. A cultura romana é resultado da mistura de elementos culturais diversos que foram absorvidos e moldados pelos romanos.

A influência mais marcante recebida pelos romanos foi a influência helênica. A importância de Roma foi tão grande que até os dias atuais podemos perceber a presença de algumas características do maior império da Antiguidade.

Nomes

Uma das influências romanas são os nomes. Você pode se chamar ou conhecer um Júlio, um César, um Augusto, um Adriano… Estes nomes eram de pessoas que marcaram a história de Roma e permaneceram conhecidos ao longo do tempo, sendo usados até os dias atuais.

Língua

A nossa língua materna, a Língua Portuguesa herdada dos colonizadores, é uma língua derivada da língua falada em Roma, o latim. Além do português, outras línguas derivadas do latim são o espanhol, o francês, o romeno e o italiano.

O latim também é usado na nomenclatura científica de plantas e animais e é a língua oficial da Igreja Católica. Até pouco tempo, as missas eram celebrados em latim.

Arquitetura

Influências romanas nos dias atuais

Foto: Reprodução

Considera-se que a arquitetura da Roma Antiga é derivada da arquitetura grega, mas conseguiu criar as suas próprias características, deixando ideias e influências para o mundo ocidental. As obras daquele período estão espalhadas pela Europa e nos dias atuais servem de estudos para historiadores.

O valor da arquitetura romana se dá pela beleza, estética e qualidade das construções. Algumas técnicas adotadas naquela época ainda são utilizadas, como os aquedutos que servem para abastecer de água algumas vilas modernas.

Direito

No campo da ciência jurídica, o mundo ocidental sofreu muita influência romana. Termos, como habeas corpus, além dos códigos jurídicos também são influências romanas. Os Códigos de Lei romanos foram construídos no decorrer do tempo e eram divididos em:

Jus Naturale (Direito Natural) – apresentava os fundamentos do direito romano;

Jus Civile (Direito Civil) – conjunto de leis aplicado aos cidadãos de Roma;

Jus Gentium (Direito das Gentes) – conjunto de leis abrangentes aplicado aos estrangeiros, em que não se considerava as nacionalidades. Esta divisão do Código de Leis romano é a base para o Direito Internacional como é conhecido nos dias atuais.

Veja mais!