Publicado por Katharyne Bezerra

Existem palavras na língua portuguesa que nos fazem parar para pensar em que forma escrita ela estará correta, não é verdade? As locuções intenção e intensão são algumas delas. Ma e então, qual está correta?

As duas maneiras estão corretas, a única diferença é o significado que elas expressam e é exatamente isso que nós temos que ter cuidado, o contexto da frase que estamos criando. Isso ocorre porque existe no português um estudo chamado de palavras homônimas, que podem ser dividas em três. Antes de entendermos em qual situação devemos usar intensão ou intenção, vamos entender esse conteúdo.

Palavras homônimas: significado, tipos e exemplos

Fazem parte desse grupo palavras que possuem a pronuncia igual ou bem parecida, mas com significados diferentes. Esse estudo é dividido em três partes, pois os homônimos podem ser perfeitos, homófonos ou homógrafos.

Intenção ou intensão: qual está correto?

Foto: depositphotos

Homônimos perfeitos

São palavras que possuem a escrita e a pronúncia iguais, mas com significados diferentes no contexto.

Exemplos

Caminho

Conhecemos um caminho que serve de atalho para a escola. (substantivo – estrada)
Caminho sempre todas as manhãs, de casa para a praia. (verbo caminhar)

Cedo

Vou sair mais cedo de casa. (advérbio – com antecedência)
-Sempre que você me pede muito eu cedo. (verbo ceder)

Homônimos homófonos

Acontece quando as palavras apresentam a mesma fonética, mas se escreve diferente e o significado também muda.

Exemplos

Acento/assento

Já falei que existe o acento circunflexo e acento agudo! (sinal gráfico)
-O assento dessa cadeira é confortável. (cadeira, lugar)

Cela/sela

A cela está lotada! (pequeno compartimento)
-Ele adora cavalgar sem o uso da sela. (assento acolchoado)

Homônimos homógrafos

As palavras possuem a mesma grafia, mas não possuem o mesmo significado e nem a mesma pronúncia.

Exemplos

Almoço

O almoço com a presença da família é sempre mais divertido! (substantivo – refeição)
-Mais tarde almoço com vocês! (verbo almoçar)

Começo

O começo do livro era bom, depois ficou chato. (substantivo – início)
-Dificilmente começo um livro e não termino. (verbo começar)

Intenção ou intensão: um caso de homônimos homófonos

Como podemos observar, as palavras intenção e intensão possuem a mesma pronúncia, mas são escritas de formas diferentes, assim como os seus significados, caracterizando portanto um caso de homônimos homófonos. Para diferenciar e acertar na hora de escrever essas palavras leve em consideração o seu significado.

Intenção

Pode ser substituída na frase por “desejo”, “propósito”, “finalidade”.

Exemplos

-Eu não tive a intenção de te machucar! (Eu não tive o desejo de te machucar!)
-A intenção não era fazer você chorar, mas sim sorrir! (O propósito não era fazer você chorar, mas sim sorrir!)

Intensão

Se refere de “intensidade” ou “tensão”, que também são escritas com “s”.

Exemplos

-Já está certa a intensão da economia desse ano.
-A intensão de calor está prevista para amanhã. 

Veja mais!