Publicado por Natália Petrin

Você já reparou, ao ler um texto, que algumas vezes a letra ‘u’ é acentuada e outras não? Pois é, vamos analisar algumas palavras para poder entender melhor porque isso acontece.

– ba – ú

– ca – ju

– u – ru – bu

– gra – já – ú

– pa – ra – ca – tu

– já – ú

– Pa – ca – em – bu

Em todas essas palavras que mencionamos na lista acima, a sílaba mais forte é a última, e todas elas terminam em ‘u’. Mas então como saberemos o motivo de algumas serem acentuadas e outras não?

Como saber?

É muito simples. Basta que a gente analise as regras gramaticais de acentuação. É importante, no entanto, darmos destaque a um detalhe antes de mais nada: o acento gráfico mantém uma relação com as regras de acentuação, mas o acento tônico refere-se à sílaba que é mais fortemente pronunciada, independentemente de levar acento gráfico ou não, certo? Tendo memorizado isso, vamos aos detalhes!

Letra ‘u’: acentua-se ou não?

Foto: Reprodução/ internet

Regras de acentuação

Mesmo que a última sílaba seja a mais forte em todas, seguindo as regras de acentuação, não se deve acentuar nunca as oxítonas terminadas em ‘u’, e é por isso que “caju”, “urubu”, “paracatu” e “Pacaembu” não levam acento: todas são oxítonas terminadas em “u”.

As oxítonas que recebem acento são somente as que terminam em “a”, “e”, “o” e “em”, independentemente de serem seguidas de “s” representando o plural.

Já em “baú” e “jaú”, temos acento porque, de acordo com as regras, as letras “u” e “i” tônicas do hiato serão acentuadas sempre que estiverem isoladas na sílaba ou acompanhadas de “s”.

Veja mais!