Publicado por Tailane Paulino

Você sabe quais são os maiores animais do mundo terrestre e onde eles vivem? E quais os maiores do mundo marinho? Nesse post você vai descobrir todas essas respostas e ainda saber quais os maiores seres vivos que já habitaram a Terra.

A natureza é fantástica e os animais que vamos mostrar aqui são a prova disso. Mesmo que o ser humano esteja “no topo da cadeia alimentar”, ele não chega nem perto do tamanho desses verdadeiros gigantes, qualquer coisa parece pequena perto deles.

Mas não precisa se assustar, a maioria desses animais são pacíficos e vivem em regiões remotas do planeta. Um bom exemplo é a baleia azul, que nada a maior parte do tempo em água profundas e só vem à superfície para respirar. Continue lendo e descubra quais são os maiores animais do mundo.

Quem são os maiores animais do mundo?

Qual o maior animal do mundo? Se você pensou em elefante está um pouco errado, já que os 5 primeiros gigantes que habitam a Terra vivem no mar, especialmente nas águas frias e profundas. E a maioria deles quase nunca é vista na superfície. Então o risco de dar de cara com eles é quase nulo. Vamos para a lista com os dez gigantes que vivem entre nós.

1- Baleia-azul

O primeiro animal da lista não é apenas o maior animal vivo, como também é um dos maiores que já habitou a Terra. Estamos falando da baleia-azul, também chamada de Balaenoptera musculus.

Esse animal é um mamífero marinho que pode chegar a ter 36 metros de comprimento, da cabeça até o rabo. No entanto, a maioria dos exemplares já vistos media entre 24 e 27 metros.

Baleia Azul

A baleia azul pode chegar aos 36 metros de comprimento (Foto: depositphotos)

Esse gigante pode pesar até 180 toneladas e mesmo assim nada com graça e leveza pelas águas profundas e frias. Esses números ficam mais impressionantes se fomos olhar os filhotes, já que os bebês já nascem medindo oito metros de comprimento e crescem em uma velocidade espantosa.

Um único filhote consegue ingerir cerca de 600 litros de leite por dia. Isso faz com que no primeiro ano de vida eles engordem 90 quilos diariamente.

O que sustenta esse corpo gigantesco é uma alimentação baseada em krill, que é uma pequena espécie de camarão, e plâncton. Esse último é engolido no momento da sucção e são um conjunto de organismos marinhos que são levados pela correnteza.

Uma única baleia-azul adulta pode ingerir mais de 2 toneladas desses organismos por dia. Contudo, mesmo com esse tamanho e habitando água profundas, o animal está em risco de extinção.

Isso acontece por dois motivos principais. Em primeiro lugar, a caça ilegal para retirar a carne, óleos e os ossos desses animais. Em segundo lugar, a poluição e a pesca desenfreada que está diminuindo a população de krill, que é a principal fonte de alimentos deles.

Veja também: O reino animal e seus recordes

2- Baleia comum

A baleia comum ou como é chamada cientificamente de Balaenoptera physalus é o segundo maior animal do mundo. Ela, semelhantemente as suas primas azuis, habitam principalmente águas profundas e frias. No entanto, elas também são vistas em climas temperados e até mesmo tropicais.

Baleia Comum

A baleia comum pode medir até 27 metros (Foto: depositphotos)

Um único animal da espécie pode medir até 27 metros e pesar 70 toneladas. A principal característica dela é a cor cinza que pode variar entre tons escuros ou mais claros em toda a parte do torso. No abdome esses animais apresentam uma coloração branca.

A gestação das baleias varia entre 11 e 12 meses de duração e o filhote nasce com aproximadamente 6 metros e meio de comprimento. Esses animais se alimentam geralmente de pequenos peixes, crustáceos e krill, que são sugados. Eles também são bastante sociáveis e migram em grupos de seis a 15 integrantes, que dividem as responsabilidades com os filhotes entre si.

Similarmente ao outro exemplo de baleias, a comum também está em risco de extinção por conta da caça desenfreada.

Os produtos mais procurados nesses animais são os óleos, a gordura e as placas de queratina que substituem os dentes. Outro fator decisivo para a queda da população é o aumento dos ruídos emitidos nos mares.

Isso faz com que as fêmeas não consigam ouvir o chamado que é emitido pelos machos e não ocorre o acasalamento. Por fim, a diminuição do krill e colisão com navios também influencia na diminuição da população de baleias.

Outras baleias como a cachalote e a orca também passam facilmente dos 10 metros de comprimento e ultrapassam facilmente o peso de 40 toneladas. 

3- Lula-gigante

A lula-gigante, ou Architeuthis, é o terceiro maior animal do planeta, podendo medir até 21 metros de comprimento. Ele é um animal que vive em águas com mais de 1000 metros de profundidade. Por esse motivo é vista apenas quando é pescada por profissionais.

Lula-gigante

A lula-gigante pode alcançar os 21 metros de comprimento (Foto: depositphotos)

Esse animal pode pesar até 250 quilos, as fêmeas e 170 quilos os machos. Mesmo sendo gigantesca, a maior parte desse tamanho vem dos oito tentáculos. Por isso o peso desse animal nem se aproxima das baleias que habitam as mesmas águas.

O maior indivíduo do gênero já encontrado foi em um macho que media 21 metros, mas hoje em dia é mais comum ver lulas-gigantes que variam medem entre 10 e 14 metros de comprimento.

A alimentação deles é baseada em peixes médios que habitam as águas profundas e camarões. No entanto, eles podem apresentar canibalismo, consumindo animais menores e até da mesma espécie caso a oferta de alimento seja escassa.

Não se sabe ao certo qual o tamanho da população desses animais, já que eles se escondem bem e não são agressivos com humanos. No entanto, já foi observada diversas baleias e até outras lulas com marcas de luta com os animais dessa espécie.

Uma curiosidade é que esses animais sempre estiveram presentes na literatura e superstição popular. Os vikings tinham uma lenda de um animal gigante com tentáculos que destruía os barcos. Esse animal era chamado de Kraken e mesmo que uma lula-gigante não chegue até o tamanho monumental, as histórias são de arrepiar. Júlio Verne também falou sobre um animal semelhante no livro vinte mil léguas submarinas.

4- Tubarão-baleia

Os tubarões-baleia são os maiores peixes do mundo e estão nessa lista na quarta posição dos maiores animais da Terra. O animal, que também é chamado de Rhincodon typus, é um exemplo de gigante gentil, já que ele se alimenta essencialmente de plâncton e pequenos peixes como a sardinha e a anchova.

Tubarão-baleia

O tubarão baleia chega a medir 12 metros de comprimento (Foto: depositphotos)

O nome popular desse animal veio da sua semelhança com as baleias. No entanto, ele não é um mamífero, sendo considerado uma espécie de peixe. A região da barriga deles é branca e a parte de cima varia entre o cinza e o azul, sendo pontilhado de círculos brancos.

Os tubarões-baleia podem ser encontrados em quase todos os oceanos e mares do mundo. Geralmente de hábitos solitários, já foram vistos grupos com mais de 100 integrantes, que ficam especialmente nas áreas com maior oferta de alimentos.

Esses peixes que podem medir até 12 metros de comprimento e pesar mais de 12 toneladas são amigáveis e inteligentes. Desse modo, permitindo até mesmo a aproximação de humanos.

Os filhotes nascem a partir de ovos, que eclodem ainda dentro das mães para só então serem liberados. Ao contrário das baleias, esses filhotes nascem pequenos em comparação aos pais, já que medem entre 40 e 60 centímetros no nascimento.

Infelizmente eles também estão na lista vermelha dos animais ameaçados de extinção. Isso é causado pela pesca ilegal em busca da carne, nadadeiras e óleo desses animais que são vendidos à preços altos no mercado internacional.

Outro perigo à sobrevivência do tubarão-baleia é o chamado bycatch. Isso é quando a espécie é capturada de forma acidental pelas grandes embarcações pesqueira.

5- Tubarão-branco

Continuando com os gigantes dos mares, o quinto da lista é o tubarão branco. Esse peixe é  segundo maior peixe do mundo e é considerado o maior predador dos mares.

Um exemplar de tubarão-branco pode medir mais de 6 metros de comprimento e pesar mais de 2 toneladas. Uma curiosidade é que as fêmeas sempre são maiores e mais agressivas que os machos.

Tubarão branco

O tubarão branco pode medir seis metros e pesar duas toneladas (Foto: depositphotos)

As principais características desses animais é a sua coloração cinza-claro, com o abdome branco, o focinho pontiagudo e as várias fileiras de dentes. Os tubarões-brancos estão bem espalhados pelo mundo, já que habitam águas que podem variar entre 14º e 24º célsius.

Sendo assim, ele é um predador nato que se alimenta principalmente de animais como tartarugas, focas, polvos e raias. Outros animais incluídos na alimentação do tubarão-branco são as focas, leões-marinhos e algumas espécies de peixes.

Essa espécie de animal é temida e admirada em todo o mundo, principalmente por causa de filmes como o ‘Tubarão’, mas se acredita que os ataques deles a humanos são apenas um teste. Ou seja, o animal ataca por pensar se tratar de alguma de suas presas e quando percebe o engano larga a presa. No entanto, devido ao tamanho e força da mordida esses ataques tendem a ser fatais.

O único predador natural do tubarão-branco são as orcas, no entanto ele é classificado como vulnerável. Isso acontece por causa da caça esportiva e comercial da espécie que busca as barbatanas ou a mandíbula.

6- Elefante

Partindo para os maiores animais do mundo terrestre, temos em primeiro lugar o elefante, que pertence à família Elephantidae. Esses animais são divididos em duas espécies, a africana e a asiática.

Os elefantes africanos são os maiores representantes do grupo, podendo medir até 4 metros de altura e 8 de comprimento. Tudo isso distribuído em um corpo de mais de 7 toneladas, que é mantido com uma alimentação baseada em folhas raízes e frutos de árvores.

Dupla de elefantes

Os elefantes podem medir 8 metros de comprimento e quatro de altura (Foto: depositphotos)

Um único elefante pode passar 16 horas por dia comendo, ingerindo nesse tempo 100 quilos de alimento e passar cerca de 4 horas dormindo.

Uma curiosidade é que esses animais são inteligentes e sociáveis entre si, tendo inclusive diversos sons e gestos que servem de comunicação dentro da manada.

As trombas e as orelhas do animal são características evolutivas, que foram adotadas para ajudar na sobrevivência da espécie nos locais onde vive.

Esses animais também possuem o maior tempo de gestação de todo o mundo, já que ele pode durar 22 meses ou seja quase dois anos. O bebê elefante é cuidado e amamentado pela mãe por dois anos e tem uma expectativa de vida de 60 anos, quando criado em liberdade.

Esses animais foram muito caçados por causa do alto valor das suas presas, que são chamadas de marfim e para o uso comercial, como meio de transporte. Em semelhança a vários outros animais dessa lista, os elefantes estão em risco de extinção por conta da caça ilegal e da perda de território.

Veja também: Conheça a água viva, um animal marinho peculiar

7- Girafa

A girafa é um mamífero que vive nas savanas africanas e é considerado o animal mais alto do mundo. Com seus mais de seis metros de altura, ela ocupa o sétimo posto na lista dos maiores animais do mundo.

Girafa

A girafa é considerada o animal mais alto do mundo (Foto: depositphotos)

Boa parte do tamanho do animal, que também é chamada de giraffa camelopardalis é derivado do pescoço. Isso faz com que ela consiga alcançar as folhas das árvores mais altas da região.

Esses animais são rápidos, quando avistam um leão, seu maior predador natural, podem correr até 48 quilômetros por hora. Elas têm uma gestação de apenas um filhote por vez, que já acompanha a mãe poucas horas depois de nascido.

Uma curiosidade acerca deles é que o pescoço da girafa não consegue alcançar o solo. Desse modo, para beber água ela precisa abrir bem as pernas, o que pode ser uma visão engraçada no animal.

Atualmente existem reservas espalhadas pelo continente africano para a preservação do animal. Isso acontece já que ele é caçado por causa do alto valor da sua pele para a confecção de artigos em couro e da sua carne, que é servida em algumas regiões como uma iguaria.

8- Sucuri

A sucuri é uma cobra que pertence à família dos Boidae. Esse animal pode chegar a medir 11 metros de comprimento e pesar mais de 250 quilos. Até o momento são conhecidas quatro espécies desse animal, sendo três delas naturais do Brasil e uma da Bolívia.

Cobra sucuri

A sucuri é um espécie de cobra que pode chegar a 11 metros de comprimento (Foto: depositphotos)

As cores variam entre cada espécie, que são adaptadas para se camuflar no ambiente em que vivem. As sucuris são animais noturnos e vivem geralmente próximas a rios ou outras fontes de água. Isso acontece porque eles não são animais ágeis em terra, mas são na água e podem passar meia hora sem sair para respirar.

As sucuris são geradas por ovos, que eclodem dentro do corpo da mãe. Sendo assim, a gestação desse animal dura cerca de oito meses, quando são liberados mais de 50 filhotes que podem medir até 1 metro de comprimento.

As espécies desse animal são caçadas principalmente por causa do valor de suas peles para o mercado da moda e também pelo medo de ataques. Esses medos foram causados por filmes como ‘Anaconda’, que mostram animais atacando e engolindo pessoas.

Contudo, ataque de sucuris a humanos é raro. Elas não possuem veneno e matam as suas vítimas esmagando os seus ossos. A alimentação principal delas é composta por peixes, roedores, aves e até mesmo jacarés. 

Veja também: Cobras e serpentes

9-  Crocodilo

Os crocodilos possuem mais de 14 espécies, com alguns deles podendo medir quase 9 metros de comprimento e pesar mais de 1 tonelada. Todas as espécies pertencem ao gênero Crocodylidae e podem ser encontrados em diversas partes do mundo, como na América do Norte, África, Ásia e Austrália.

Crocodilo

Os crocodilos podem medir 9 metros e pesar cerca de uma tonelada (Foto: depositphotos)

Esses animais são répteis que podem passar longos períodos prendendo a respiração e podem ser encontrados tanto em água-doce, como em salgada. Eles são ainda considerados peças importantes para a manutenção, já que ajudam no controle das espécies que habitam os ecossistemas.

Esses répteis colocam ovos que se chocam com o calor do sol e se alimentam de animais marinhos, aves e até mamíferos que se aproximem dos locais onde vivem. Ele também é um dos poucos animais dessa lista que não está vulnerável a extinção, mesmo que a sua pele seja de uso comum na confecção de artigos e roupas de couro.

10- Urso-polar

Por fim, o último animal na lista dos maiores do mundo é o urso-polar. Esse urso é uma espécie que pertence à família ursidae, sendo não só o maior do gênero, bem como o maior animal predador terrestre.

Os ursos polares vivem em regiões de baixa temperatura, que ficam próximas ao círculo polar ártico. Sendo principalmente encontrados no Canadá, Groenlândia, Rússia e Alasca.

Urso-polar

O urso-polar pode alcançar 3 metros de comprimento e 800 quilos (Foto: depositphotos)

Eles vivem geralmente sozinhos e podem medir mais de 1,60 de altura e quase 3 metros de comprimento. Na idade adulta um urso polar pode pesar mais de 800 quilos, em uma alimentação baseada em focas e peixes.

Esses animais possuem uma pelagem grossa e branca que os ajuda a se protegerem do frio e a se camuflarem nas regiões de gelo. A gestação dos ursos polares começa no outono e pode durar pouco mais de oito meses.

A mãe ursa fica em um estado de hibernação, enquanto amamenta os filhotes até abril, quando sai da sua toca em busca de alimentos. Os filhotes alcançam a maturidade com cerca de 5 anos e podem viver em liberdade por até 30.

Atualmente o urso polar é um animal vulnerável de extinção por causa da destruição dos seus habitats naturais. Isso ocorre por causa da exploração de petróleo, que contamina as águas, e por causa do derretimento das calotas polares, que diminui a oferta de comida.

Qual é o maior animal selvagem brasileiro?

Você viu a lista com os 10 maiores animais do mundo, mas qual o maior animal selvagem brasileiro? Mesmo que a sucuri seja encontrada em território nacional, ela é bastante comum em outros países da América Latina. Por isso, o animal considerado o maior do Brasil é a anta.

A anta brasileira, ou Tapirus terrestris é o maior mamífero da América Latina. O animal adulto pode medir 2 metros de comprimento, 1 de altura e pesar mais de 300 quilos. As antas são animais solitários e de hábitos noturnos. Geralmente um casal permanece junto apenas na época da reprodução, com a gravidez da fêmea durando pouco mais de 1 ano.

Ela é um animal pacífico e que se alimenta de vegetais, principalmente raízes e folhas. As ameaças naturais da anta são as sucuris e as onças, já que a carne do animal faz parte da dieta deles. Ela também é bem caçada pelo ser humano por conta da sua carne, bastante apreciada em algumas regiões.

Veja mais!