Publicado por Débora Silva

A Mesopotâmia (a palavra vem do grego e significa “terra entre rios”) era localizada entre os rios Tigre e Eufrates, na região onde atualmente está localizado o Iraque e terras próximas.

Por sua localização privilegiada, a Mesopotâmia fazia parte de uma região que ficou conhecida como Crescente Fértil.

Mesopotamia

Foto: Reprodução | DeviantArt

A civilização mesopotâmica

Esta civilização é considerada uma das mais antigas da história e foi a responsável pelo nascimento de outras importantes civilizações. Vários povos habitaram essa região entre os séculos V e I a.C., dentre os quais se destacam os babilônios, sumérios, assírios, caldeus, amoritas e acádios.

Os antigos povos buscavam regiões férteis, próximas a rios, para desenvolverem suas comunidades, e a região da Mesopotâmia era excelente, porque garantia água para consumo, rios para pescar e para realizar o transporte.

Os principais povos mesopotâmicos

  • Babilônios: Os babilônios construíram suas cidades às margens do rio Eufrates e foram os responsáveis por um dos primeiros códigos de leis conhecidos até então. Baseado nas Leis de Talião (“Olho por olho, dente por dente”), o imperador Hamurabi desenvolveu um conjunto de leis para organizar e controlar a sociedade. Conhecido como Código de Hamurabi, esse conjunto de leis estabelecia que todo criminoso deveria ser punido de forma proporcional ao crime que cometeu. Os babilônios desenvolveram um preciso calendário, principalmente para conhecer mais sobre as cheias do rio Eufrates e, assim, obter melhores resultados na agricultura. O imperador Nabucodonosor II foi o responsável pela construção dos Jardins Suspensos da Babilônia e da Torre de Babel.
  • Sumérios: Os sumérios destacaram-se pela construção de um avançado sistema de controle da água dos rios, com canais de irrigação, barragens e diques. Este povo contribuiu também no desenvolvimento da escrita cuneiforme (escrita feita com a ajuda de objetos em forma de cunha e geralmente gravada em pequenos tijolos), por volta de 4000 a.C. Outro destaque dos sumérios é o fato de que eles eram excelentes arquitetos e construtores, tendo desenvolvido os zigurates, que eram construções no formato de pirâmides e serviam para armazenar produtos agrícolas, além de serem utilizados como templos religiosos. Os sumérios construíram importantes cidades, dentre as quais Ur, Nipur, Lagash e Eridu.
  • Assírios: Os assírios destacaram-se pela organização e o desenvolvimento de uma cultura militar, pois encaravam a guerra como uma das principais formas de conquista do poder e desenvolvimento da sociedade. Estes povos eram muito cruéis com os inimigos, o que causava uma série de revoltas populares contra eles.

Características comuns dos povos mesopotâmicos

Embora cada povo mesopotâmico tenha se destacado por determinado aspecto, todos eles tinham algumas características em comum.

De forma geral, estes povos eram politeístas, ou seja, eles acreditavam em vários deuses ligados à natureza.

A política tinha uma forma de organização baseada na centralização do poder em uma única pessoa, que era o Rei ou Imperador, que governava tudo.

A economia dos povos mesopotâmicos era baseada na agricultura e no comércio nômade de caravanas.

Por ser uma região privilegiada com uma sociedade muito desenvolvida, a rivalidade dos povos vizinhos gerou muitas lutas. Em 331 a.C., os persas venceram e conquistaram os povos mesopotâmicos.

Veja mais!