Publicado por Anna de Cássia

Você já ouviu falar em uma metrópole? Sabe o que é? Certamente você já ouviu na televisão chamarem a cidade de São Paulo de metrópole, certo? Então se você ainda não entende nada sobre o assunto, não de desespere. Vem com a gente e você vai saber de tudo!

Metrópole

Foto: Reprodução

O que é uma metrópole?

Metrópoles são cidades grandes – geralmente com mais de um milhão de habitantes – que detêm a grande influência econômica da região. Ou seja, as cidades pequenas que se localizam ao redor da metrópole dependem dela para sobreviver economicamente.

Metrópoles costumam possuir muito comércio, muitas vagas de emprego, muitas empresas, melhores serviços como escolas e hospitais, mais tecnologia, melhores lojas… Por isso as pessoas que vivem nas cidades vizinhas costumam depender da metrópole para bastante coisa.

A maioria das metrópoles são localizadas nas capitais dos estados. Mas existem também outras cidades do estado que podem ser metrópole. Por exemplo, a capital da Paraíba é João Pessoa, mas a maior metrópole do estado é uma cidade do interior chamada Campina Grande, que detém o maior poder econômico.

Regiões metropolitanas

O crescimento das cidades metrópoles é tão intenso que acaba se fundindo à essas cidades vizinhas que dependem delas, fica difícil estabelecer um limite sociocultural e econômico entre elas. Fica difícil até dizer aonde uma cidade termina e a outra começa.

Quando isso acontece, essas cidades que se misturam ou que se conturbam são chamadas de regiões metropolitanas. É comum que as pessoas que vivem nas cidades vizinhas trabalhem, estudem e façam suas compras na cidade principal. Há um fluxo muito intenso de deslocamento diário entre as cidades, como se fossem realmente uma cidade só.

A região metropolitana do Recife, por exemplo, é formada não só por Recife que é a metrópole e capital de Pernambuco, mas também pelas cidades vizinhas como Olinda, Camaragibe, São Lourenço, Jaboatão dos Guararapes, etc.

Tipos de metrópole

As metrópoles podem ser classificadas em três níveis, de acordo com a sua importância econômica:

  1. Metrópole global: são as metrópoles que possuem articulações e influencias na economia e política de vários lugares do mundo. Exemplos: Nova York, Paris, Tóquio, São Paulo.
  2. Metrópole nacional: são as metrópoles que apresentam influência política e econômica apenas no país. Exemplo: Porto Alegre, Belo Horizonte.
  3. Metrópole regional: são um pouco menores, importantes apenas para uma determinada região do país. Exemplos: Salvador, Belém, Curitiba.

Veja mais!