Publicado por Débora Silva

Na natureza, podemos encontrar as substâncias puras e as misturas, que são duas ou mais substâncias juntas. As misturas são aqueles materiais cujas propriedades físicas não são constantes, variando mesmo numa determinada temperatura e pressão. Elas são formadas por dois materiais, o dispersante e o disperso. O dispersante é a substância presente em maior quantidade na mistura; já o disperso é o componente presente em menor quantidade.

Existem diferentes tipos de misturas e elas são classificadas em homogêneas e heterogêneas. As misturas homogêneas são aquelas que apresentam um aspecto uniforme, com uma única fase; já as misturas heterogêneas são aquelas que apresentam mais de uma fase. Na maioria das vezes, os componentes das misturas heterogêneas aparecem em estados físicos diferentes e podem ser separados por métodos físicos.

Classificação das misturas heterogêneas

Na maioria das vezes, é possível observar as distinções de fases (duas ou mais) de uma mistura heterogênea sem a necessidade de utilizar microscópios. As fases deste tipo de mistura podem ser percebidas pelos estados físicos ou cores diferentes.

Alguns exemplos de misturas heterogêneas são a água e o óleo, água e areia, granito, água e ferro, gelo e água.

No geral, as misturas heterogêneas são classificadas em suspensões ou coloides, levando-se em consideração o tamanho das partículas que formam a substância que está presente em menor quantidade na mistura.

Misturas heterogêneas

Foto: Reprodução

Coloides

Nos coloides, a substância em menor quantidade da mistura só pode ser vista por meio de um ultramicroscópio. A olho nu, temos a impressão de que é uma mistura homogênea.

Alguns exemplos de coloides são os seguintes: sangue, manteiga, gelatina, leite, hidratante, neblina e fumaça.

Suspensões

Nas suspensões, a substância presente em menor quantidade na mistura pode ser vista a olho nu.

Alguns exemplos destas misturas são: madeira, pólvora, granito e água com areia.

Os tipos de misturas heterogêneas

As misturas heterogêneas podem envolver a junção de um sólido com sólido, líquido e sólido, líquido e líquido, líquido e gás ou gás e sólido.

  • Sólido – sólido: Esta mistura ocorre apenas quando os grânulos de cada uma das substâncias são bastante diferentes, em suas dimensões e cores.
  • Líquido – sólido: Um sólido forma uma mistura heterogênea com um líquido quando este possui uma camada impermeável, dureza e tenacidade ou polaridade contrária ao do solvente.
  • Líquido – líquido: Para que dois líquidos formem uma mistura heterogênea, eles devem ter polaridades diferentes, ou densidades diferentes. No entanto, o fato de ter densidade diferente não é suficientemente confiável para classificar uma mistura homogênea ou heterogênea.
  • Líquido – gás: Uma mistura heterogênea (assim como uma mistura homogênea) com um gás e um líquido é difícil, já que os gases tendem a não formar soluções, e sim dispersar no ar. No entanto, podemos observar esta mistura quando abrimos uma garrafa de água com gás.
  • Gás – sólido: Nas soluções gasosas de sólidos, os sólidos podem estar em suspensão (fase heterogênea). Dependendo do tamanho dos grãos em suspensão, diferenciar as suas fases só pode ser feita com a utilização de microscópios bastante potentes.

Veja mais!