Publicado por Carol Oliveira

O que causou a Segunda Guerra Mundial?

A principal causa da Segunda Guerra Mundial foi o sentimento de vingança vindo do povo alemão. Depois do Tratado de Versalhes, que ditou que a Alemanha teria que cumprir várias imposições, o descontentamento popular foi muito grande.

Na Alemanha, havia a crença de que a derrota alemã na Primeira Guerra Mundial era culpa de traidores e a culpa foi jogada nos judeus. Hitler e os nazistas aproveitaram e pregaram que a Alemanha deveria ser um país com pessoas só da “raça pura” – a raça ariana – e que os judeus deveriam sair do país.

Criaram também a ideia do “espaço vital”, onde eram unificados os territórios perdidos com o Tratado e os futuramente conquistados. Os nazistas desejavam a tomada da Polônia e da Ucrânia, regiões que eram ricas em matérias-primas.

Nazismo na Segunda Guerra Mundial

Foto: Reprodução

Plano de expansão territorial

O governo alemão fez o plano de expansão de território por etapas: em 1938, juntou a Áustria com a Alemanha e quis de volta a região dos Sudetos. Com isso, foi solicitada a Conferência Internacional em Munique e deixaram que a Alemanha ficasse com a região, pois estavam seguindo de acordo com a política e apaziguamento e tinham medo que Hitler e seu governo fizesse algo.

Um pacto entre a União Soviética

Em 1939, a Alemanha e a união Soviética fizeram um pacto de não agressão. Isso permitiu que a Alemanha invadisse a Polônia, sem que a União Soviética intervisse.  Com essa invasão, os Aliados – Inglaterra, França e – declararam guerra à Alemanha.

Os alemães criaram a técnica de Blitzkrieg, a guerra-relâmpago, onde os soldados, que estavam bem treinados e armados, atacavam do nada. Assim, a Alemanha conquistou a Bélgica, a Holanda, a Noruega, a Dinamarca e um pedaço da França.

Eixo Roma-Berlim

Em 1940, a Itália se juntou a Alemanha, formando o Eixo Roma-Berlim, no qual o Japão iria se juntar depois. Nesse mesmo ano, pouco tempo depois, a Alemanha já tinha conquistado quase toda a Europa, sendo a Inglaterra o único país que tinha grande capacidade de lutar. Sendo assim, a Alemanha começou a lançar ataques aéreos sob a Inglaterra que por sua vez, resistiu aos ataques graças a radares.

Então, Hitler e seu governo decidiu passar para o que seria sua maior conquista: a União Soviética. Com 4 milhões de soldados, mais de 3 mil tanques e 5 mil aviões, partiram para o ataque.

O ataque surpresa

Com o ataque surpresa, o exército soviético não teve como conter o exercito alemão, pois estes já tinham tomando grande parte da união. Então, a medida tomada por Stalin – ditador da União – foi rápida: sair de algumas cidades sem deixar nada para trás, deixando assim os alemães sem suprimentos.

O exercito soviético foi firme e conseguiu conter o alemão e até chegaram a Berlim, sendo esse dia a derrota alemã.

Veja mais!