Publicado por Prof. Nathália Duque

O corpo humano pode ser divido em três partes principais: a cabeça, o tronco e os membros. E cada uma dessas partes apresenta características únicas.

Conheça mais detalhes sobre essas partes e entenda quais são as diferenças entre o corpo masculino e o corpo feminino.

Cabeça

Na cabeça nós temos a face, que é formada pelos olhos, cílios, sobrancelha, nariz, boca, queixo e orelhas, e também nosso cabelo.

Dentro da cabeça tem o cérebro, que é uma das estruturas mais importantes para a nossa sobrevivência. É ele que nos permite aprender inúmeras coisas, como falar, nos equilibrar, andar e até aprender novas matérias na escola.

Corpo humano

Na cabeça está localizado um dos principais órgãos do corpo humano, o cérebro (Foto: depositphotos)

Dentro do nosso cérebro podemos notar a presença de um sistema, chamado sistema nervoso. Esse sistema é formado pelo cérebro e a medula espinhal que se encontra ao longo da nossa coluna.

Da medula espinhal saem nervos que se dividem e se ligam com quase todas as partes do corpo. Eles transportam mensagens dos órgãos dos sentidos para o cérebro.

A cabeça é tão importante que ela concentra quatro importantes órgãos dos sentidos: a audição, o paladar (ou gustação), a audição e a visão.

Tronco

O tronco é constituído pelo pescoço, pelo tórax (onde fica o peito), o abdome (onde fica nossa barriga) e as costas.

Alguns outros órgãos estão presentes no tronco, como o coração, o pulmão, o estômago, o fígado, os rins, a bexiga, os intestinos etc.

O coração humano

O nosso coração é um órgão musculoso e oco, situado no tórax, entre os pulmões, voltado para o lado esquerdo. A musculatura que exerce movimentos é chamada de miocárdio.

O miocárdio é revestido externamente por uma membrana serosa, o pericárdio, e internamente pela membrana serosa, o endocárdio.

O coração apresenta quatro regiões ou cavidades: dois átrios e dois ventrículos. O átrio direito se comunica com o ventrículo direito através de uma válvula, chamada de válvula tricúspide, e o átrio esquerdo se comunica com o ventrículo esquerdo, por meio da válvula mitral.

Movimentos do coração

São basicamente dois movimentos que o nosso coração realiza: diástole e sístole.

No diástole, o músculo do coração (miocárdio) se relaxa e o coração enche de sangue. Já no sístole, o miocárdio se contrai e o sangue é expulso do coração.

Os átrios direito e esquerdo se contraem, forçando a passagem do sangue para os ventrículos, que ainda estão relaxados. Os ventrículos se contraem, forçando a passagem do sangue para os pulmões, para oxigenação, e pela artéria chamada aorta, para todos os tecidos do corpo.

Batimentos do coração

Os movimentos de sístole e diástole recebem o nome de batimentos cardíacos. Na espécie humana, a frequência cardíaca é de 70 a 80 pulsações por minuto.

Cada pulsação é capaz de bombear cerca de 60 mililitros de sangue. Em um minuto bombeia-se 5 litros de sangue.

O coração é um órgão auto estimulável, o seu ritmo é controlado pelo sistema nervoso central. Quando há liberação de um hormônio chamado acetilcolina, o ritmo do coração diminui e quando libera a adrenalina, o ritmo aumenta.

Sistema respiratório

O nosso sistema é algo muito importante também, através dele podemos respirar, capturando oxigênio e eliminando o gás carbônio. Alguns órgãos desse sistema se localizam na cabeça, mas os principais, ficam no tórax.

Esse sistema é constituído por vias aéreas superiores, como as fossas nasais, faringe e laringe. Além das vias aéreas inferiores, a exemplo da traqueia, brônquios, bronquíolos e pulmões.

O pulmão direito é divido em três partes denominadas lobos. O esquerdo é dividido em dois lobos. A passagem da faringe para a laringe se faz pela glote, que é recoberta pela epiglote. Na laringe estão as cordas vocais.

Ventilação pulmonar

Ventilação pulmonar são as trocas gasosas que ocorrem entre o ar atmosférico e os alvéolos pulmonares, e é realizada por dois processos: a inspiração e a expiração.

  • Inspiração: é a entrada de ar nos pulmões. Para que ocorra, o diafragma, músculo que separa o tórax do abdome, se contrai e abaixa. Os músculos intercostais se contraem e elevam as costelas, aumentando o volume da caixa torácica e diminuindo a pressão no interior dos pulmões, que se dilatam ocupando todo o espaço
  • Expiração: é a saída do ar dos pulmões, o processo inverso ao da inspiração. O diafragma e os músculos intercostais relaxam. Diminui o espaço da caixa torácica, aumenta a pressão no interior dos pulmões e o ar é expelido.

Ao conjunto de inspiração e expiração é chamado de movimento respiratório.

Membros

Os membros são divididos em duas partes, os membros superiores e os inferiores. Enquanto os superiores são formados pelos braços, antebraços, mãos e cinco dedos; os inferiores são formados pela coxa, perna, pé e calcanhar, e cinco dedos.

Os membros nos ajudam a nos locomover, pegar objetos, correr, brincar e executar muitas outras ações.

Com o passar dos anos, os ossos dos nossos membros vão crescendo cada vez mais para se adaptar ao nosso corpo. Quando chegamos aos 18 ou 20 anos, nossos ossos ficam do tamanho correto e param de crescer.

E quem não apresenta os membros?

Existem pessoas que não possuem algum membro do corpo, ou porque sofreram algum acidente ou porque simplesmente nasceram sem essa parte do corpo. Essas pessoas são chamadas de portadores de necessidades especiais (PNE).

Todas essas pessoas com necessidades especiais merecem o respeito e consideração de todos da sociedade. Devemos ter respeito e dar prioridade em filas, existem vagas de estacionamento reservadas, e espaços pela cidade e locais adaptados a eles.

Podemos ver que muitos deficientes levam uma vida normal, onde vivem de um algum trabalho que os agrada e os fazem sem nenhuma dificuldade e com uma perfeição pessoal de cada um.

Corpo masculino x corpo feminino

Existem algumas diferenças entre o corpo de uma menina e o de um menino. A diferença principal é em relação ao sistema reprodutor.

O sistema reprodutor feminino é formado pelos seguintes órgãos: ovários, tubas uterinas ou trompas de Falópio, útero e vagina. O sistema reprodutor masculino é formado pelos: testículos, epidídimos, canal deferente, vesículas seminais, próstata, glândula de Cowper, uretra e pênis.

Há outras diferenças mais visíveis, como por exemplo, quando os meninos e as meninas alcançam a puberdade.

Nessa fase, os rapazes começam a apresentar pelos faciais, axilares e pubianos, a voz engrossa, e crescem repentinamente. Com as meninas também ocorre o surgimento de pelos axilares e pubianos, desenvolvimento dos seios e o início da menstruação.

*Natália Duque é Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Referências

TORTORA, Gerard J.; DERRICKSON, Bryan. Corpo Humano-: Fundamentos de Anatomia e Fisiologia. Artmed Editora, 2016.

BRÊTAS, José Roberto da Silva; OHARA, Conceição Vieira da Silva. Interesse de escolares e adolescentes sobre corpo e sexualidade. Revista Brasileira de Enfermagem, 2002.

Veja mais!