Publicado por Natália Petrin

Os dentes têm características semelhantes aos ossos, que incluem a coloração esbranquiçada, a resistência e a quantidade de cálcio presente neles. Mas ao contrário do que a maioria pensa, os dentes não são um tipo de osso.

Dentes

Os dentes são formados por diversos minerais que também são componentes dos ossos, mas a diferença é que nos ossos existe também uma proteína chamada colágeno, que o torna flexível. Os dentes, por sua vez, são bastante rígidos, e formados por um tecido conjuntivo conhecido por dentina, bastante resistente e altamente calcificado. Eles são considerados, inclusive, a parte mais dura do corpo humano, e os ossos não são tão fortes quanto os dentes.

Por cima desse tecido, existe uma camada dura e branca que recobre, chamada esmalte. Essa é considerada a substância mais rígida do corpo. Os ossos podem ser regenerados quando quebrados, mas isso não acontece com os dentes.

O dente é considerado um tipo de osso?

Foto: Reprodução/ internet

Existem estudos em Harvard, nos Estados Unidos, que visam encontrar técnicas que possam induzir a regeneração dos dentes por completo. Os pesquisadores já conseguiram regenerar a dentina, mas ainda estão trabalhando. O processo que usam para tentar desenvolver essas técnicas é o estímulo das células-tronco.

Ossos

Formados por tecido ósseo, vivo e muito complexo, os ossos têm em seu desenvolvimento a remodelagem, e quando são lesionados podem se regenerar. Nos ossos, encontramos três tipos de diferentes células: osteoblastos, responsáveis pela formação da matriz; osteócitos, que são osteoblastos maduros; e, por fim, osteoclastos, que são as células responsáveis pela remodelagem.

Outra importante diferença entre os ossos e os dentes é que nos ossos acontece a produção das células sanguíneas na região denominada medula óssea, enquanto nos dentes essa produção, apesar da polpa se assemelhar visualmente à medula, não acontece.

Existe ainda mais uma diferença: enquanto os dentes estão expostos, os ossos estão guardados sobre a pele com músculos e outras proteções, variando de acordo com a parte do corpo. Apesar de ambos exigirem cuidados, os dentes são bem mais resistentes.

Os ossos apresentam uma substância chamada colágeno, que é um tecido vivo que traz flexibilidade a eles, permitindo que aguentem a pressão que sofrem diariamente.

Veja mais!